Comer saudável
Xilitol ou stevia: qual é o melhor? Saiba como se decidir
Xilitol ou stevia: qual é o melhor? Saiba como se decidir

Xilitol ou stevia: qual é o melhor? Saiba como se decidir

Você vai ao mercado, olha a prateleira de adoçantes e fica confuso. Vê um monte de nomes difíceis de entender ou de pronunciar. As opções são inúmeras e as letras são miúdas! Diante disso, você resolve escolher uma alternativa vendida como “natural”. Mas aí vem a dúvida: entre o adoçante xilitol e stevia, qual é o melhor?

Stevia ou xilitol?

Parece uma pergunta simples, mas na verdade é bem complexa de se responder. Cada adoçante tem uma composição diferente e nenhum deles é perfeito.

Enquanto um tem um grande poder de adoçar, em contrapartida, pode carregar um terrível gosto residual. Aí você acha um adoçante que agrada o seu paladar, mas, quando vai olhar o preço…custa o “olho da cara”.

Quando vou ao mercado, eu não tenho dúvidas entre qual dos dois escolher. Nenhum! Mas isso não é porque eu sou nutricionista. É porque não uso adoçantes!

Eu imagino que se você está na dúvida entre xilitol e stevia, e quer saber qual é o melhor, pode não gostar nada da minha recomendação. E eu entendo essa ansiedade.

É tanta desinformação sobre coisas que “engordam” e “emagrecem”, coisas que “fazem bem” e coisas que “fazem mal”, que é natural tentar fazer esse ranking mental na cabeça.

Tudo isso, como se fosse uma verdadeira batalha entre os alimentos que merecem entrar na despensa da sua casa e os que você precisa passar longe!
Mas na vida real, bem longe das notícias sensacionalistas sobre dieta, não funciona assim.

Na verdade, o que pode aumentar o risco de doenças e de obesidade é a forma como você se relaciona com a comida, e, nesse caso, com os doces – conforme explico no vídeo abaixo.

 

Existem pessoas que têm verdadeiro pavor do açúcar.

Elas acham que é veneno, então, ficam obcecadas com essa ideia de descobrir qual seria a forma perfeita de continuar comendo seu docinho sem prejudicar a saúde ou sem sair muito do peso ideal delas.

O bom mesmo é se acostumar com o sabor natural das coisas, reeducando seu paladar com um gosto menos doce. Isso sem ter que exagerar no uso de adoçante e sem excesso de açúcar.

De qualquer forma, acho interessante aprofundar um pouco mais nesses dois adoçantes, já que esse assunto está tão em pauta.

O que é xilitol? O que é stevia?

Bom, antes de entrar no mérito de qual é o melhor, se é o xilitol ou a stevia, vale entender um pouco a diferença entre os dois.

O xilitol é extraído de fibras de frutas, vegetais e cogumelos. Acredita-se que ele é até 40% menos calórico do que o açúcar, ao mesmo tempo que tem um poder adoçante similar. Por outro lado, seu consumo em excesso pode trazer desconforto intestinal, flatulências, diarreia e irritação intestinal.

Já a stevia, que é extraída de uma planta chamada stévia rebaudiana, tem um poder adoçante 300 vezes maior do que o açúcar. Apesar de não causar efeitos colaterais, o consumo excessivo já foi associado a um possível maior risco de ganho de peso (sim, o efeito contrário do esperado!), doenças cardíacas e outros problemas de saúde, como mostra esse estudo canadense.

Que fique bem claro que não estou fazendo terrorismo nutricional contra os adoçantes!

Só estou querendo mostrar que não há uma resposta para a pergunta: “qual é melhor, xilitol ou stevia?”.

Eu citei apenas alguns exemplos de prós e contras dos dois, mas o fato é que nenhum dos dois é vilão, e, ao mesmo tempo, nenhum dos dois é mocinho.
E podemos dizer o mesmo do aspartame, da sacarose, da frutose, da sucralose, do açúcar (de qualquer tipo), do mel, do agave, etc.

De novo: tudo vai depender da sua relação com estes alimentos, por isso é tão importante falarmos de comportamento.

Xilitol ou stevia, qual é o melhor? Nenhum

Do ponto de vista comportamental nem o xilitol, nem stevia é melhor para o seu bem-estar psicológico. Você deve estar se perguntando o que comportamento tem a ver com adoçante, certo?

E eu respondo: tem tudo a ver!

Minha linha de trabalho é completamente baseada na neurociência do comportamento alimentar ou seja na ciência da mudança de hábitos, na reeducação do paladar e na construção de uma relação de paz com a comida. É seu cérebro que controla tudo, até seu peso!

Ai tenho uma pergunta para você: porque enganar seu cérebro?

Se você busca melhorar sua alimentação para aprimorar sua qualidade de vida, eu convido  você a conhecer o meu curso online Efeito Sophie.

Nele, eu não vou falar sobre os mitos das últimas dietas da moda, alimentos milagrosos e fórmulas mágicas de emagrecimento – até porque não acredito em nada disso.

Ao invés de buscar soluções milagrosas, eu vou te ajudar a identificar como melhorar seu comportamento e relacionamento diante da comida.

A minha missão é fazer com que você possa viver em paz com a comida e seu corpo, encarar a alimentação como algo prazeroso, sem estresses e muito menos culpa.

Com algumas dicas práticas, você poderá alcançar o SEU peso saudável, de forma gradual e duradoura.

Vamos juntos nessa?

Se inscreva e comece hoje mesmo o programa online Efeito Sophie!

Mas voltando ao assunto…

Realmente, eu não posso ser à favor de nada que engane o cérebro.

Se você me pergunta qual dos dois adoçantes é melhor, xilitol ou stevia, eu continuo dizendo “nenhum”.

Isso porque nenhum dos dois vai saciar sua vontade de comer doce, e nenhum dos dois vai resolver uma relação ruim de exagero e culpa ligada ao açúcar.

Mas aí você pode argumentar:

1. Ah, mas tem pouca caloria….

Não necessariamente.

Adoçantes também têm calorias. E além disso, esse pensamento pode te levar a acreditar que, porque é pouco calórico, é  “zero açúcar”, diet ou light, você pode comer de forma exagerada.

E isso não é legal para a saúde como um todo. Os adoçantes não são “zero” efeito no cérebro!

2. Ah, mas assim eu posso comer mais calorias de outras coisas…

Outro pensamento equivocado.

O certo é comer de tudo, mas não tudo!

Isso significa não sair espirrando adoçante em tudo e sentir que tem um passe livre para comer qualquer coisa.

Uma pesquisa da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP mostrou que o uso de adoçantes pode não contribuir para a redução de peso.

A pesquisadora Ana Paula Gines Geraldo notou que, além da grande falta de critério na dosagem do adoçante, as pessoas tendem a  consumir alimentos dietéticos para “economizar calorias” e depois poder comer alimentos mais calóricos em excesso.

3. Ah, mas é natural…

Sim, tanto o xilitol quanto a stevia são vendidos como naturais porque são elaborados a partir de plantas, mas o processo é altamente industrializado.
No entanto, isso não quer dizer que se pode comer à vontade! Tudo em excesso faz mal e pode ser tóxico no seu organismo, até couve!

Então, não se iluda.

4. Ah, mas pelo menos eu “engano” a vontade de doce!

Não mesmo!

O cérebro sabe diferenciar o doce que vem do adoçante do que vem do açúcar.

Então, se você está com vontade de bolo de cenoura com cobertura de chocolate e come um doce feito com xilitol ou stevia, por exemplo, pode até ser que resolva essa necessidade pontual…

Porém, provavelmente vai continuar pensando no bolo e comer em excesso quando liberar.

Stevia ou xilitol: conclusão

Então, ao invés de ficar se perguntando qual é melhor, xilitol ou stevia, stevia ou xilitol, que tal reeducar sua alimentação como um todo?

Tente reeducar seu paladar de forma saudável e sustentável, valorizando mais o sabor natural das coisas.

Para se hidratar, o melhor é água. Não sucos, nem refrigerantes, ainda que sejam zero.

As frutas têm um sabor delicioso! Não precisa adoçar!

Igualmente, o café é super aromático, e se você adoçar demais (seja com adoçante, seja com açúcar), não vai nem perceber o verdadeiro sabor.
Se achar essa tarefa muito difícil, vá diminuindo aos poucos o sabor doce.

Não precisa fazer mudanças radicais: essa reeducação requer tempo e paciência, mas vale muito a pena!

No longo prazo, você vai deixar de procurar coisas muito doces, e não vai mais precisar saber qual é melhor, xilitol ou stevia porque saberá consumir tudo com moderação e, ao mesmo tempo, com prazer!

E como sempre, o bom senso prevalece. Sempre converse com seu nutricionista e respeite as dicas do seu profissional de saúde se tiver passando por dificuldades e doenças específicas.

Bon appétit!

Se você gostou desta leitura, provavelmente vai gostar destas aqui que separei para você:

101 Comentários. Deixe novo

  • Denise Arena Santana
    10 de setembro de 2022 3:13 pm

    Olá. Também sou nutricionista mas eu tenho Hiperinsulinemia, então tenho adotar adoçantes. Pulo de um para outro. Obrigada pelos comentários!

    Responder
  • Camila Gusmão Leite
    21 de julho de 2022 4:41 pm

    Sensacional a forma clara e criteriosa como aborda o tema. A vida de minha mãe tem sido muito melhor seguindo a orientação do bom senso com o açúcar e nenhum adoçante.

    Responder
  • DANIELLA PEDROSO DE OLIVEIRA BASTO
    9 de julho de 2022 8:51 pm

    Pelo que entendi então um ou outro adoçante com moderação nao fara mal a saúde. Como vc mesma disse , até couve demais fazer mal.😁 No entanto , um diabetico por exemplo não deve consumir açúcar, e, sobre o que diz respeito a esta questão, sigo na duvida. Posso concluir q neste caso o melhor seria revesar?

    Responder
  • Informações mto boas realmente, no entanto estava procurando saber qual dos dois é melhor, pois consumo whey vegano e uns são adocados com xilitol outros com stevia, talvez essa tbm seja uma dúvida de outras pessoas, nesse caso qual seria o melhor, pois não existe whey vegano sem adoçantes!

    Responder
  • Gostei da sua matéria. Realmente, tudo demais é veneno. Estou aprendendo a n comer açúcar e nem adoçante. Às vezes adoço com açúcar de côco, embora não acredito muito que não tenha açúcar… mas, uso pouquíssimas vezes.Acostumei a tomar sucos sem adoçar, até mesmo de limão. Já não tenho aquela compulsão por açúcar!
    Deus te abençoe!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Dra Sophie Deram

Consultas, cursos, palestras … Conheça melhor a Dra Sophie e o que pode fazer para você.

Artigos Relacionados