Comportamento Alimentar

Como conversar sobre perda de peso saudável?

Siga essas 5 dicas de como conversar sobre perda de peso saudável e ajude seus pacientes de maneira efetiva e humanizada:

  • Peça permissão ao paciente para falar sobre peso;
  • Avalie o paciente de forma holística;
  • Discuta as opções de tratamento com o paciente;
  • Defina os objetivos do tratamento em conjunto;
  • Acompanhe e defenda o paciente.

A obesidade é um problema de saúde pública em todos os países. Seus números crescem cada vez mais e até hoje não foi possível reduzir a prevalência dessa condição de saúde em nenhum lugar do mundo.

O tratamento mais difundido é baseado na perda de peso com dieta e prática de atividade física.

Mas já sabemos que não é só “fechar a boca e malhar”, pois há várias causas associadas ao problema, como você pode ver no gráfico abaixo:

Perda de peso saudável

Por isso defendo um novo olhar sobre a obesidade. Ou seja, um tratamento respeitoso, sem estigma de peso e sem dietas restritivas. E eu não sou a única.

As novas diretrizes canadenses de obesidade em adultos (Obesity in adults: a clinical practice guideline) defendem que o tratamento da obesidade deve buscar a perda de peso saudável, aquela que é sustentável e que se atinge como consequência de comportamentos saudáveis, diferindo de pessoa para pessoa.

Mas como conversar sobre perda de peso saudável no consultório? Esse é um grande desafio para os profissionais de saúde e essas diretrizes trazem 5 dicas que vou compartilhar com você.

Vamos nessa?

5 dicas de como conversar sobre perda de peso saudável

1 – Peça permissão ao paciente para falar sobre peso

De acordo com as diretrizes canadenses, a obesidade deve ser vista como uma doença crônica complexa e multifatorial, e não uma responsabilidade individual.

Portanto, uma maneira de diminuir o estigma de peso e o preconceito entre os profissionais de saúde é estar ciente das próprias atitudes e comportamentos em relação às pessoas que convivem com a obesidade.

Os profissionais de saúde não devem presumir que todos os pacientes que vivem com obesidade estão preparados para iniciar um tratamento. Quando se trata de como conversar sobre perda de peso saudável, usar uma frase como: “podemos falar sobre seu peso?” pode ser uma atitude acolhedora que contribui para a adesão ao tratamento e para um atendimento respeitoso.

2 –  Avalie o paciente de forma holística

É importante lembrar que as causas da obesidade são diversas: biológicas (genética, neuro-hormonais), socioculturais, ambientais, psicológicas e podem estar associadas com o uso de determinados medicamentos, experiências de vida, etc.

Por esse motivo, é importante que os profissionais de saúde adotem uma abordagem holística, avaliando o paciente como um todo e identificando todo o seu histórico a partir de uma anamnese nutricional que seja a base para um tratamento com foco em comportamentos de saúde e não necessariamente no incentivo para emagrecer.

3 – Discuta as opções de tratamento com o paciente

Pessoas que buscam uma perda de peso saudável necessitam de um cuidado individualizado e que forneça apoio à adoção de um estilo de vida adequado.

O emagrecimento saudável deve ser pensado a longo prazo. A perda de peso varia entre as pessoas e depende de fatores biológicos, psicossociais e ambientais, e não simplesmente do esforço individual.

Mas a ciência tem mostrado que uma perda de 3% a 5% do peso corporal já resulta em ganhos significativos para a saúde.

Para isso, a prática de atividade física e a adoção de uma alimentação saudável são importantes, como também a associação com terapias psicológicas para melhores resultados. O Guia também fala de intervenções farmacológicas e cirúrgicas.

Essas opções precisam ser discutidas com o paciente, que deve ser um agente ativo de seu tratamento e não um mero receptor de recomendações.

4 – Definir os objetivos do tratamento em conjunto

Se você busca saber como conversar sobre perda de peso saudável, é imprescindível que dê voz ao seu paciente. O profissional deve agir como um facilitador, enquanto ele toma as rédeas do tratamento.

Converse sobre os objetivos e trace metas realistas em conjunto. Assim, seu tratamento será centrado na pessoa e poderá contribuir para mudanças de comportamento a longo prazo.

5 – Acompanhe e defenda o paciente

Lute por cuidados mais eficazes para as pessoas que vivem com excesso de peso. Isso inclui a melhoria da educação permanente dos profissionais de saúde e o fim de barreiras substanciais que afetam o tratamento da obesidade, como ambientes sem equipamentos nem estrutura adequados.

Também é importante ações que mitiguem o preconceito e o estigma de peso, reconhecendo os múltiplos estereótipos de falha ou sucesso pessoal que frequentemente associamos com o peso corporal.

Saber como conversar sobre perda de peso saudável é uma ótima iniciativa e pode contribuir para a mudança comportamental de quem busca um emagrecimento saudável.

Confira um resumo de nossas dicas no infográfico abaixo:

Emagrecimento saudável

Dica final sobre como conversar sobre perda de peso saudável

Agora que você já conhece 5 dicas sobre como conversar sobre perda de peso saudável, tenho uma dica final para você que gosta de se atualizar e melhorar sempre sua prática profissional.

Após muitos pedidos de profissionais de saúde que entraram em contato comigo, criei o curso Método Sophie.

Ao publicar “O Peso das Dietas”, notei uma necessidade de colegas da área de se atualizarem na ciência da Nutrição em relação ao peso, obesidade e transtornos alimentares, além da área comportamental – algo que ainda é pouco estudado nas faculdades.

O meu objetivo é apresentar uma Nutrição com Ciência e Consciência e fornecer ferramentas para um atendimento mais personalizado e humanizado, com foco na mudança do comportamento e na construção de uma relação mais saudável com a comida.

A propósito, tive a honra de formar centenas de profissionais de saúde em mais de 20 estados pelo Brasil, entre nutricionistas, médicos e psicólogos.

Veja o que eles acham da minha metodologia:

Se você se identifica com essa linha de trabalho, não deixe de conferir mais informações sobre o curso abaixo:

→ Saiba mais informações sobre o curso!←

E se ainda não for o momento de fazer o curso, fique à vontade também para assistir uma das minhas próximas palestras ou mesmo agendar uma consulta no meu escritório.

Referência

WHARTON, Sean et al. Obesity in adults: a clinical practice guideline. CMAJ, v. 192, n. 31, p. E875-E891, 2020.

Se gostou deste artigo sobre como conversar sobre perda de peso saudável, provavelmente vai adorar ler estes posts que separei para você:

  1. Como fidelizar paciente em nutrição: 8 estratégias éticas
  2. O que é coaching de emagrecimento? Como funciona? Como aplicar?
  3. Como elaborar uma anamnese nutricional?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Meu filho sem obesidade

A Dra Sophie Deram apresentará 5 estratégias simples para seu filho crescer sem obesidade e sem transtorno alimentar. Participe do evento gratuito online dia 14/10 às 20h e garanta ao seu filho mais qualidade de vida, além de transformar o dia a dia da sua família.
Crescer em paz com a comida e o corpo é o melhor presente que você pode dar para seu filho.

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu