Comportamento Alimentar

Como controlar a ansiedade por doces

Quero DOCE! As outras refeições podem passar até batido: café da manhã, almoço e jantar… Mas não sai da minha cabeça: a hora do docinho! Esse pensamento me persegue o dia todo, em qualquer lugar… Você é dessas que vira e mexe fica pensando num docinho? E fica na dúvida se mata a sua vontade ou tenta algo para esquecê-la? Ou ainda, fica buscando mil e uma maneiras de como controlar a ansiedade por doces? Então esse post foi feito para você!

Com medo de se entregar à tentação dos doces, inúmeras estratégias frustradas (e até malucas) são encontradas na internet: cheirar chocolate, comer uma fruta imaginando o doce preferido, beber um copo d’água etc. E que de nada vão adiantar, só vão gerar mais insatisfação. Quando nosso cérebro quer doce (açúcar), não podemos enganá-lo. Mas então, como controlar a ansiedade por doces?

Fuja das restrições

A atitude mais comum das pessoas é cortar de vez o açúcar! Classificando-o como o vilão terrível responsável pela sua insatisfação corporal. Porém, ao invés controlar a ansiedade por doces, esse comportamento aumenta muito o risco de desenvolver uma obsessão por doce e até uma tendência depressiva. Não tire esse prazer de você, afinal, você merece cada pedacinho de felicidade, não? Só diminua o consumo e reeduque seu paladar para sabores menos doces, como vamos falar mais abaixo.

Reeduque seu paladar

Como o açúcar parece ter um poder viciante, uma boa estratégia é tentar diminuir o consumo e reeducar o paladar a gostar de um sabor menos doce para não colocar todo o prazer no açúcar. Tendo essa consciência, diminua o seu consumo sem estresse e confie no seu corpo, ele vai se habituando devagar e você, vai controlar a ansiedade por doces. Em três semanas, você já poderá observar alguns resultados! 😉

Melhore a qualidade

No ritmo da reeducação, aproveite para experimentar mais qualidade na hora do docinho, além dos tradicionais com excesso de açúcar e gordura. Você vai se surpreender com sabores mais verdadeiros e naturais. Uma sobremesa a base de fruta ou um bolinho caseiro (sem cobertura). Um chocolate menos doce (mais amargo, com mais cacau).
Uma bolacha caseira para diminuir o consumo das recheadas tradicionais. Um pouco de água saborizada para diminuir o consumo de refrigerantes. Alguns exemplos de como reeducar seu paladar e trazer mais qualidade na sua alimentação. E ainda por cima, vai ter sucesso na luta de como controlar a ansiedade por doces.

“Proibidos” não existem

O açúcar é um alimento e não, um vilão. Mas carrega o fardo de “proibido”. Você pode comer seu doce favorito sim e só de saber disso, vai comer menos com o tempo. Duvida? Ok, muitos anos de restrições pode fazer você comer um pouco a mais no início… Mas depois, perde a graça. A restrição permanente resulta numa obsessão por estes alimentos, o que te leva ao exagero. Agora, a permissão de comer diminui a vontade. Experimente!
Lembre-se: você pode comer de tudo, mas não TUDO. Coma de forma consciente, mastigando devagar, sentindo o sabor, o aroma, a textura, curta este momento. Isso vai te fazer comer menos e controlar a ansiedade por doces.

Como controlar a ansiedade por doces?

Quando estamos bem nutridas, a tendência é comer menos, certo? Uma boa dica é deixar as suas vontades para depois das refeições (do almoço ou jantar) ou para o lanche da tarde. Já satisfeita, vai comer em menor quantidade. A sobremesa é muito grande? Outra dica interessante é dividi-la com alguém. Após reeducar o seu paladar, naturalmente você vai se satisfazer com pedaços menores. Se estivesse de dieta, você nunca pensaria nessa possibilidade. Mas agora de forma consciente, você respeita as vontades do seu corpo e ainda aprende como controlar a ansiedade por doces.

Busque prazer além do açúcar

O prazer também pode vir com alimentos salgados, como um jantar gostoso, e também de situações, como compartilhar momentos num parque ou realizar uma nova atividade juntos. Encontrar pessoas queridas que há muito tempo não via. Viajar para um lugar diferente. Praticar uma atividade física que goste. Há outras fontes de prazer que não necessariamente está atrelada a comida e que, de quebra, pode te ajudar a controlar a ansiedade por doces. Descubra novas satisfações e seja cada vez mais feliz!
Você viu que para resolver o problema de como controlar a ansiedade por doces, não é preciso radicalismos, restrições ou estratégias para enganar seu cérebro. Basta respeitar seu corpo, estar atenta as suas vontades e confiar nele. Agrade-o com mais qualidade, menos stress e seja feliz!
Bon appétit!
Agora que já te demos várias dicas de como controlar a ansiedade por doces, aproveite e veja como superar também outras dificuldades:

Que tal conhecer o meu programa online Efeito Sophie no Comer Emocional? Ele foi pensado para te ajudar a descobrir os gatilhos do seu comer emocional e te ensinar passos simples para diminuir ou até eliminar esse comportamento. Mude a sua relação com a comida e viva melhor. Saiba mais!

5 Comentários. Deixe novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Curso online - Efeito Sophie no Comer Emocional

Vontade de comer doces no final do dia?
Conheça os vários tipos de fome e saiba lidar melhor com a fome emocional, aquela que te faz querer comer muitos doces quando chega o final do dia.

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu