Alimentação Infantil

Como ajudar meu filho a emagrecer? Veja dicas práticas

Como ajudar meu filho a emagrecer? Essa é uma questão presente em vários lares brasileiros. Estamos enfrentando uma grande crise de obesidade entre crianças e adolescentes e é hora de agir! Sem medo e dramatização. Existem muitas coisas que podemos mudar em casa para ajudar na prevenção.
Começo esse artigo dizendo que essa luta não está perdida, pelo contrário.
Existem diversas formas de melhorarmos estes números, e não estou falando de métodos milagrosos, dietas malucas ou de regras complexas a serem seguidas. Estou falando de mudança de hábitos!
Sabemos que existem questões metabólicas e genéticas que contribuem para o excesso de peso. No entanto, o que mais conta é o ambiente em que a criança ou adolescente está inserido.
Portanto, antes de perguntar “como ajudar meu filho a emagrecer?”, buscando uma resposta simples e rápida para isso, que tal fazer uma análise um pouquinho mais elaborada? Faça essas perguntas:

  • Será que ele precisa mesmo emagrecer ou sou eu que tenho essa queixa?
  • Como está a rotina de vida: ele dorme bem? Tem horários regulares para comer e brincar/estudar?
  • Quais são os ambientes em que seu filho é exposto à comida?
  • Geralmente, a própria casa, a casa de familiares e amigos e a escola são os lugares que ele mais frequenta, certo?
  • Como é a qualidade da comida nesses lugares?
  • Existe grande oferta de alimentos frescos à disposição dele (frutas, legumes, verduras, grãos, etc.)?
  • Ele consegue comer comida caseira em pelo menos uma refeição ao dia?
  • É incentivado a beber água, ou fica refém de bebidas doces na maior parte do tempo?

Outra coisa importante a ser considerada:

  • As pessoas com as quais seu filho mais convive (incluindo os próprios pais, claro!) têm uma boa relação com o próprio corpo? Ou estão sempre de dieta?
  • Vivem subindo na balança e reclamando que “estão gordos”?

Sua análise deve passar por estes questionamentos. Mas agora vamos às dicas mais práticas, combinado?

Como ajudar meu filho a emagrecer? Sem dieta!

Uma das coisas mais importantes que os pais têm que ter em mente é que crianças e adolescentes estão em fase de desenvolvimento. O foco aqui não é eliminar quilos, mas tentar manter o peso e aproveitar o crescimento para chegar a um peso saudável de forma natural.
Dietas restritivas são agressivas para o corpo, ainda mais nessa etapa da vida. Porque elas podem interferir no centro do apetite do seu filho, fazendo com que ele sinta ainda mais fome.
A privação de comida também pode alterar o metabolismo, deixando mais lento, e estimular uma relação ruim com a comida, carregada de culpa e de sentimentos negativos ao comer.
Isso pode até virar algo mais complexo, como um transtorno alimentar. Então, se você se pergunta dia e noite: “como ajudar meus filhos a emagrecerem?”, tenha em mente uma premissa básica: dieta restritiva não é a solução!
Quer entender melhor porque sou contra as dietas? Veja esse vídeo do meu canal:

1) Comportamento + Nutriente = dobradinha de sucesso

Finalmente vamos ao que funciona de fato, tanto para diminuir quanto para prevenir o excesso de peso – alimentação de qualidade combinada a bons comportamentos diante da mesa.
Gosto muito das diretrizes da Academia Americana de Pediatria (AAP), lançadas em 2016. Elas recomendam a prevenção conjunta da obesidade e de transtornos alimentares, tirando o foco do peso e incentivando um estilo de vida mais saudável.
Coloquei neste artigo todas as diretrizes, mas reforço aqui os hábitos mais significativos!

2) Mais proximidade com comida de verdade

Não foque em proibições, nem reforce a ideia de que existem alimentos “proibidos” ou que “fazem mal”. Mude a estratégia: deixe mais alimentos naturais à disposição do seu filho.
Lote menos o armário de pacotinhos e produtos muito processados pela indústria. Ajude-o a ter um paladar acostumado com coisas mais naturais.

3) Mais união em torno da mesa

Fazer mais refeições em família é uma ótima forma de tratar e prevenir a obesidade e isso é comprovado cientificamente. Ter rotina é algo excelente para o corpo e vai ajudar seu filho a administrar melhor o próprio apetite.
Muitos pais que me perguntam “como ajudar meus filhos a emagrecerem” pensam que a solução é inalcançável, mas ela vai depender da disposição em adotar novas posturas.
São as coisas mais simples que fazem a diferença, como oferecer mais comida caseira e em horários regulares; ir mais à feira, cozinhar juntos.
Acredite: tudo isso reflete no comportamento em torno da mesa, na saúde e no peso! Porque ajuda a construir uma relação tranquila com a comida.

4) Mais respeito à fome do seu filho

Os pais têm o papel de oferecer comida de qualidade, mas não de ditar quantidade. Seu filho sabe o tamanho da fome dele. Confie. Isso será importante para que ele escute seus sinais de fome e saciedade.

5) Mais movimento

Menos tablet, videogame, computador e TV. Mais movimento!
Uma vida ativa é fundamental para garantir saúde. Ajude seu filho a descobrir algo que ele realmente goste e, assim, consiga manter a longo prazo.

6) Mais amor e respeito pelo próprio corpo

As meninas infelizmente são cada vez mais mais atingidas por questões de autoimagem, então, se você se pergunta: “como ajudar minha filha a emagrecer?”, tente tirar um pouco o foco do peso.
Cuidado com a mensagem que passa para as crianças ao valorizar muito o “corpo perfeito”, mesmo quando estiver falando com você mesmo, em frente ao espelho.
Isso pode desencadear uma preocupação exagerada com um padrão de beleza que, de fato, não corresponde à maior parte da população.

7) Menos bullying!

Por fim, tente conversar sempre com o seu filho. Se ele demonstra alguma mudança de comportamento ligado à alimentação ou ao próprio corpo, procure investigar se ele não anda comendo por motivos emocionais, e se por um acaso está sofrendo algum tipo de bullying.
Se for necessário, procure um nutricionista e também ajuda psicológica. Criança e adolescente obeso não é preguiçoso. Às vezes, eles só precisam ser ouvidos!
Cuidar das suas crianças com ciência, consciência e muito amor foi o que motivou que, em parceria com a nutricionista Janaina Kühn Barni, criássemos o programa Efeito Sophie na Alimentação Infantil.
São quatro semanas de vídeos e exercícios online para ajudar você e sua família a ter uma relação ainda melhor com a comida, incentivando um desenvolvimento com saúde e em paz com os alimentos. Conheça agora o Efeito Sophie na Alimentação Infantil.
Bon appétit!
Agora que você já viu essas dicas para ajudar sua filha ou filho a chegar a um peso saudável, confira também esses outros artigos que separei para você:

E você, o que tem feito para ajudar seu filho ou filha no caminho da saúde e bem-estar? Comente no espaço aqui abaixo:

10 Comentários. Deixe novo

  • Mais uma vez fiquei conteúdo de ótimo valor!!!
    Estou amando acompanhar o blog.
    Muito obrigada e com certeza vou voltar!
    Deus abençoe e prosperidade!

    Responder
  • muito legal seu conteudo parabens pelo seu site.

    Responder
  • Olá, passando por curiosidade neste bonito site. Parabéns,
    merece muita divulgação e vou fazer isso. Voltarei outras
    vezes aqui. Até logo.

    Responder
    • Olá!
      Agradecemos seu comentário aqui no Blog da Dra. Sophie. Saiba que ficamos felizes em saber que gostou do conteúdo disponibilizado aqui. 😉
      Volte sempre.
      Um abraço,
      Nathália – Equipe Sophie

      Responder
  • Mais uma vez fiquei apaixonada pelo conteúdo!!!
    Estou amando acompanhar o blog.
    Muito obrigada, vou voltar mais vezes!!!

    Responder
    • Olá Carol!
      Aqui é a Nathália da Equipe Sophie! Agradecemos seu comentário aqui no Blog da Dra. Sophie.
      Saiba que ficamos felizes em saber que está gostando do conteúdo. O feedback de vocês é muito importante para nós. 😉
      Um abraço,
      Nathalia – Equipe Sophie

      Responder
  • Olá!!!
    Adorei o seu site e conteúdo.
    Vou voltar mais vezes!
    Parabéns!

    Responder
    • Olá Jonathan!
      Agradecemos seu comentário aqui no Blog da Sophie. Ficamos felizes em saber que gostou do conteúdo. 😉
      Um abraço,
      Nathalia – Equipe Sophie

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Mentoria online para pais - Meu filho sem obesidade e sem T.A.

O melhor presente que você poder dar para seu filho e crescer em paz com a comida e o corpo!
Participe da mentoria.

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu