Hábito é algo difícil de mudar – muitas vezes estamos acostumados a comprar as mesmas coisas no supermercado e nem nos questionamos se é possível obter o mesmo resultado fazendo em casa. Nesse artigo, vou ensinar como fazer iogurte grego caseiro e você vai entender o que estou falando.

Prático, econômico e delicioso, ele é certamente mais saudável do que a versão pronta, tradicional ou aromatizada, que muitas vezes contêm muitos açúcares livres. As opções que temos disponíveis nas gôndolas brasileiras infelizmente não têm a qualidade desejada, e têm pouco (ou nada) a ver com um iogurte grego de verdade.

Por isso eu sinto que, depois que você descobrir como fazer iogurte grego caseiro, provavelmente vai se desacostumar com o sabor do industrializado. E não estou dizendo isso para fazer terrorismo e dizer que todos os produtos ultraprocessados são “veneno” ou vão prejudicar a sua saúde.

Mas é fato que, quando acostumamos nosso paladar aos sabores mais naturais, passamos a estranhar o gosto dos ingredientes artificiais. Como disse no começo do texto, é a força do hábito: a repetição leva o cérebro a entender esse sabor, se acostumar e gostar!

No longo prazo, isso pode fazer um bem enorme para sua saúde, porque comida de verdade significa comida de qualidade! E de repente, aprendendo como fazer iogurte grego em casa, você passe até a se interessar mais por comida caseira, que é comprovadamente uma forma muito eficaz de ajudar na prevenção da obesidade e diversas outras doenças.

Como fazer iogurte grego caseiro: é fácil demais!

Bom, eu já ensinei a fazer iogurte caseiro aqui no blog, ou também você pode ver no vídeo abaixo como fazer iogurte natural caseiro. É bem fácil e você só precisa de um potinho de iogurte natural e leite!

Agora, se você quer saber como fazer iogurte grego caseiro, basta usar essa mesma base – o que muda é o processo que vem depois.

Após algumas horas que o seu iogurte ficar pronto, você vai notar que o soro fica bem visível. O que você precisa fazer é drenar este soro.

Para isso, uso sempre uma telinha fina e uma peneira. Coloco o iogurte sobre ela, e deixo drenando em um recipiente tampado durante uma noite inteira.

No dia seguinte, voilá: seu iogurte grego feito em casa estará prontinho para ser devorado. A textura é mais firme, e, se você quiser, ainda dá para adicionar meio limão para fazer coalhada seca; ou um pouco de creme de leite para uma textura mais cremosa.

Dá pra acreditar que é tão simples assim? Pois é, e agora quero dar alguns motivos para que você invista nessa versão caseira.

Alguns motivos para fazer iogurte grego caseiro

Claro que pode comer iogurte grego comprado no mercado, se você gosta do sabor. Com moderação, nada vai prejudicar a saúde de forma significativa. Mas o que vejo sendo vendido por aí não é iogurte grego simples e tradicional.

Os iogurtes naturais ou gregos deveriam conter apenas dois ingredientes na sua formulação: leite e fermentos lácteos. Mas se você for olhar os rótulos no Brasil, certamente verá uma lista de coisas, lembrando que muitas marcas trazem aditivos e açúcares em excesso.

E se você não encontra escrito “açúcar”, assim, com todas as letras, saiba que ele pode vir com diversos nomes diferentes, como xarope de glicose, frutose, glicose, mel, suco concentrado de fruta, e por aí vai.

Além disso, gostaria de citar um estudo publicado recentemente no British Medical Journal (BMJ), feito por pesquisadores da School of Food Science and Nutrition, da University of Leeds.

Eles fizeram uma análise de mais de 900 tipos de iogurtes à venda nos supermercados do Reino Unido e comprovaram que a maioria das marcas traz mais de 10g de açúcar a cada 100g de produto. E os gregos de lá apresentavam 5g de açúcar a cada 100g, quando aqui vemos muitas vezes mais de 10g.

O problema é que muitos destes produtos são vendido como “saudável” e, assim, as pessoas comem sem critério. Por isso acho que vale muito a pena simplificar, e quando for possível, fazer iogurte grego caseiro, assim como o iogurte natural.

E você pode adoçar! Só que é muito melhor você ter a noção de quanto açúcar vai utilizar do que comer todo o açúcar escondido que aparece com outros nomes nas embalagens.

Iogurte grego além do café da manhã

Bom, agora que você já sabe como fazer seu iogurte grego caseiro, que tal usar a criatividade? Ele geralmente é consumido no café da manhã, só com açúcar, ou com com frutas frescas ou secas, mel, cereais, lascas de coco, geleia caseira…

Mas também pode render receitas salgadas. Pode ser incorporado à uma salada fria de macarrão, ou de legumes picados; pode virar um delicioso patê com atum, sardinha ou frango; ou, ainda, servir como base para um molho de salada feito em casa com ervas e especiarias.

Inspire-se e invente suas próprias receitas! Cozinhar em casa é mais barato, mais gostoso e melhor para a sua saúde.

Bon appétit!

Referências

Agora que você já sabe como fazer o seu próprio iogurte natural do tipo grego caseiro, veja esses outros artigos que separei para você:

3 thoughts on “Saiba como fazer iogurte grego caseiro: prático e gostoso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *