As dietas milagrosas que se destacam nas capas de revista e nos sites especializados parecem ser uma boa alternativa quando queremos perder peso rápido.

A ideia é mandar alguns quilos embora no menor tempo possível, para se livrar de uma vez só daquele peso a mais que vem incomodando.

Isso porque, para grande parte das pessoas, é mais fácil seguir uma “fórmula” do que fazer uma avaliação mais profunda da própria saúde, dos hábitos e da relação com a comida.

Mas hoje já está muito claro que os métodos radicais não funcionam, trazem um indesejado efeito rebote (recuperação dos quilos perdidos ou até mais do que o peso inicial) e podem até gerar consequências negativas à saúde.

Isso sem falar do aspecto comportamental: você já reparou que quem persegue, incansavelmente, as dietas milagrosas, vive falando de comida?

Vive preocupado com quantidade de calorias, obcecado por alimentos que supostamente “engordam”, cercado de culpa o tempo todo por comer “errado”… e o pior… vive com fome e sofrendo com o efeito sanfona (engorda-emagrece-engorda).  

Porque o fato de cortar grupos alimentares inteiros ou restringir demais a ingestão calórica coloca o corpo em estado de alerta e aumenta a vontade de comer.

Cada pessoa tem uma necessidade diferente – estilo de vida, condições de saúde, idade, gênero, rotina, fatores genéticos, etc.

E essa é mais uma prova de que as dietas milagrosas não são eficazes, porque até hoje a ciência não encontrou nenhum método que seja 100% efetivo em termos de emagrecimento que sirva para todo mundo!

Mas calma, nem tudo está perdido. Se você precisa emagrecer, seja por motivos de saúde ou porque não está satisfeito com o que vê diante do espelho, precisa rever hábitos!

Isso sim funciona e é sustentável!

Fuja das dietas milagrosas!

Para manter um corpo saudável, esqueça as dietas milagrosas. Não existe solução rápida para o emagrecimento.

Muita gente foca no curto prazo (perder quilos rápido) e se esquece de pensar no longo prazo (manter-se no peso saudável).

Mas é preciso ter paciência, abandonar crenças antigas e criar uma nova relação com a comida e com o corpo.

Leva mais tempo, mas uma vez estabelecida a mudança, é para a vida toda!

As pessoas se iludem com métodos radicais porque eles podem gerar uma perda de peso grande, mas é preciso lembrar que essa perda não é saudável, porque pode acarretar carências nutricionais, ou seja, piorar sua saúde.

Ao sair da dieta, e retomar o padrão alimentar antigo, há grandes chances de voltar a engordar (acontece com 95% das pessoas que fazem dieta!).

Além disso, o nosso corpo não sabe que o que é dieta. Para ele, receber menos comida é sinal de perigo. Ele vai se defender diminuindo o metabolismo e armazenando gordura.

Então, para emagrecer, é preciso comer! Sim, comer! Mas comer melhor, não menos.  

Então como emagrecer sem dieta?

No lugar de dietas milagrosas, entram novos hábitos! Você pode começar com duas atitudes simples, que trazem excelentes resultados:

  • comer mais alimentos in natura, frescos e menos industrializados
  • e cozinhar mais!

Comer comida caseira é um passo muito saudável para comer melhor. Se você não tem tempo de ir para a cozinha, procure comer em lugares que ofereçam comida fresca, e coloque variedade no prato.

Diversifique com grãos, folhas, legumes, carnes, frango, ovos, peixes, feijões, frutas…o corpo adora esse mix de alimentos que trazem vários nutrientes. Isso vai te ajudar a se manter mais nutrido e sem muita fome o tempo todo! E melhor ainda, se trocar as bebidas doces (refrigerantes, sucos de caixinha…) por água pura, com gás ou saborizada.

Se acha muito difícil, comece aos poucos… dia sim, dia não… até o paladar acostumar!

Fazer pequenas mudanças, de forma gradual, e com um pouco de paciência, pode ser a melhor forma de mudar sua relação com a comida.

Autoconhecimento ajuda bastante!

Para chegar a um peso saudável com saúde, é importante também cuidar da parte emocional.

Se você conhecer melhor seu corpo e suas necessidades, terá maiores chances de comer de forma mais adequada, se respeitando, mais consciente e sem exageros.

Afinal, você é dono da sua fome e ninguém melhor do que você para saber o que sente.

Vou deixar aqui algumas perguntas para você começar a se fazer e pensar nesse processo de transformação de forma mais ampla.

  • Você sabe ouvir sua fome?
  • Sabe a hora de parar de comer?
  • Come as coisas que gosta, ou foca somente no valor calórico?
  • Anda comendo por motivos emocionais (estresse, tristeza, cansaço, irritação…)?
  • Come com pressa?

Tudo isso importa para quem quer chegar a um peso saudável e mantê-lo sem sofrimento. Deixo aqui duas dicas de artigos bacanas para ajudar nessas questões: fome psicológica e Mindful Eating.

Saber identificar e eliminar a fome emocional (a fome que mais engorda!) não é tarefa fácil, mas possível! Para ajudar meus pacientes e as milhares de pessoas que possuem esse tipo de relação entre o emocional e a comida, eu criei o programa online Efeito Sophie no Comer Emocional.

O programa te dá dicas, ferramentas e práticas para você identificar os gatilhos da fome emocional e refletir sobre o seu comportamento. São duas semanas de aula online que você te ajudará a:

  • Fazer as pazes com a comida
  • Transformar sua rotina e
  • Transformar a forma como você se alimenta

Clique no banner abaixo e se inscreva agora mesmo:

banner programa efeito sophie comer emocional

Se quiser saber mais sobre a Fome Emocional, assista esse vídeo que gravei com todo carinho para você:

E se você se sente perdido, sempre em busca de dietas milagrosas que não trazem resultado e só te deixam mais frustrado, busque ajuda! Um nutricionista poderá te orientar da melhor maneira para que você encontre o equilíbrio.

O milagre do emagrecimento não existe, mas é possível conseguir ótimos resultados a partir de uma mudança de estilo de vida – sem se esquecer que comer também é uma inesgotável fonte de prazer!

Bon appétit!

Veja também esses posts que separei para você:

E você, o que acha desse tema? Comenta abaixo para conversarmos mais sobre isso.

2 thoughts on “Dietas milagrosas não funcionam! Livre-se delas e busque seu peso saudável

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *