Como emagrecer comendo? É o enigma que grande parte das pessoas tenta desvendar ao longo da vida. Afinal, quem não quer perder alguns quilinhos e, ainda assim, não ter que abrir mão do churrasco do fim de semana, do sorvete depois do almoço ou do drinque do happy hour?


Sim, comer é um prazer. E eu digo com todas as letras que, sim, é totalmente viável emagrecer comendo. Aliás, essa é uma das minhas principais recomendações aos meus pacientes, que, em sua grande maioria, chegam ao consultório passando fome voluntariamente e fazendo todo tipo de dieta!

No entanto, quando digo isso às pessoas que elas têm que comer, a primeira reação geralmente é de espanto. Elas estão com medo de comer porque têm medo de engordar! Acham que tudo engorda, que é preciso tirar glúten, lactose, açúcar e gordura da alimentação para ser mais magro e saudável.

O mundo pirou diante de tantos modismos em torno do mundo das dietas. O maior pavor das pessoas é engordar. Acreditam que, se perderem o controle eventualmente, vão ganhar dois, três, cinco, vinte quilos de uma vez.

E por isso tanta gente acha que “fechar a boca” é a solução. Recebo muitos pacientes que perderam 20, 30 quilos após passar por algum tipo de dieta muito restritiva e ganham tudo de volta ou mais! Esse vai e vem de peso não é natural nem saudável e obriga o corpo a se prevenir de uma outra restrição ou de passar fome. E como ele faz isso? Engordando!

Muitos deles me procuram depois de ter perdido muitos quilos, com o intuito de manter o peso com meu método. Sou sincera em dizer: isso não é possível. Afinal, se você me pergunta: “como emagrecer comendo”, eu devo explicar que ao retomar uma alimentação normal, sem privações, seu corpo voltará ao peso inicial e talvez você ganhe sim alguns quilos a mais antes de perder de maneira saudável.

Mas essa diferença na balança é compensada pela tranquilidade que irá sentir ao retomar o controle da sua vida e da sua alimentação, deixando de delegá-la a um pedaço de papel com uma lista de alimentos e porções a serem consumidos ou excluídos por dia. Comendo de tudo, a pessoa volta a ficar feliz. E, gradativamente, deixa de comer de forma exagerada. E pode passar a emagrecer comendo!

Confie mais no seu corpo

Sim, boa parte das pessoas quer saber como emagrecer comendo. Mas a maioria teme passar a comer sem freios. Então não é todo mundo que topa este desafio de passar a comer de tudo sem comer tudo! Comer tudo o que tem vontade justamente para diminuir a ansiedade em torno dos “alimentos proibidos”.

Quem nunca ficou obcecado por um chocolate por estar de dieta e, na hora que “se liberou”, comeu três vezes mais do que aguentaria normalmente?

Se você se identificou com essa situação, gostaria que gravasse uma dica em sua mente: confie mais no seu corpo. Respeite mais sua fome e suas vontades. Assim, voltará a se conectar também com a saciedade: aquele momento em que seu organismo indica que está satisfeito com apenas um pedaço de chocolate. Não vai precisar da barra inteira.

Acredite – a perda de peso acaba sendo uma consequência dessa sensação de plenitude e bem-estar que você passará a sentir.

Leia também:

Como emagrecer comendo: mude hábitos aos poucos

Diante da dúvida sobre como emagrecer comendo, muita gente opta por cortar algum grupo alimentar, acreditando que, dessa forma, está liberado para comer todo o resto sem grandes prejuízos.

Não recomendo este tipo de atitude, porque precisamos de todos os tipos de alimentos. Somos onívoros! Podemos comer de tudo, com exceção de pessoas que realmente foram diagnosticadas com alguma restrição.

Então uma dica que não me canso de falar é: coma melhor, e não menos. Tente incluir mais alimentos frescos na sua rotina diária e diminuir o consumo dos ultraprocessados. Esse é o primeiro passo para melhorar a qualidade do seu prato e, aos poucos, sua alimentação como um todo.

Para reconquistar o prazer de comer sem contar calorias é preciso rever hábitos. Ao invés de comer de forma exageradamente regrada, ou, ao contrário, comer sem pensar, “no automático”, experimente ouvir mais suas necessidades.

Tem hora que você vai querer comer um doce. Em um dia de festa, talvez, tomar um refrigerante. Mas se você consumir estes alimentos de forma moderada, e dentro de uma alimentação variada e rica em frutas, legumes, verduras e grãos, verá que é possível comer de tudo sem exagero. E o que é a melhor: sem aquela sensação de fracasso trazida pelas dietas.

Diante de uma oferta diversificada de nutrientes, o apetite fica mais controlado e os exageros passam a ser eventuais. Assim, você verá que a pergunta “como emagrecer comendo“, embora pareça um contrassenso, faz muito sentido e é bem simples de ser respondida.

Que tal conhecer meu método Efeito Sophie, que ensina a transformar sua relação com a comida e a voltar a escutar os sinais do seu corpo? São seis semanas com vídeos e materiais que vão explicar sobre hábitos alimentares, e como recuperar o prazer de comer. Saiba mais!

8 thoughts on “Como emagrecer comendo: acredite, isso é 100% viável

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *