As notícias sobre emagrecimento geralmente se parecem como o título desse artigo – chamativo e tentador. Isso porque grande parte das pessoas quer saber como emagrecer comendo de tudo, afinal, ficar passando vontade das coisas é muito chato e acaba com o humor de qualquer um.

O interessante é que muita gente pensa que, para chegar ao “corpo dos sonhos”, é preciso fazer justamente o contrário: passar fome. Mas logo no início da minha carreira como nutricionista percebi que esta abordagem não funcionava.

Entendi muito rapidamente que contar calorias e fazer restrições só servia para fazer as pessoas comerem mais. Ficavam obcecadas por comida, com o apetite dobrado e isso aumentava também os episódios de exagero, sempre seguidos de culpa.

Então passei a orientar as pessoas sobre como emagrecer comendo de tudo, e observei que, com equilíbrio e sem sofrimento, era possível chegar ao peso desejado gradativamente.

Está mais do que provado que dietas restritivas não funcionam e que para administrar a saúde e, consequentemente, o peso, é preciso tirar o foco da quantidade e focar mais na qualidade da comida e no comportamento na hora de comer.

Muita gente fica muito preocupada em comprar os “alimentos certos” ou a seguir uma lista de regras super restritas. Só que essa coisa de alimento certo ou errado não existe quando comemos moderação!

Comida saudável não tem que ser ruim

Uma das frases que eu mais falo por aí é: “você pode comer de tudo, mas não tudo”. O que eu quero dizer com isso? Que o legal é comer melhor, não menos.

Se você colocar mais qualidade no prato, inevitavelmente vai acabar comendo menos, porque o corpo se sentirá mais saciado. E o nosso corpo gosta muito de comida de verdade! Então invista nos alimentos in natura ou pouco processados, como arroz, feijão, verduras, legumes, frutas, queijos, castanhas, carnes, etc.

E uma outra dica que eu tenho para você busca saber como emagrecer comendo de tudo é não deixar de comer as coisas que gosta. Comida saudável não precisa ser ruim! Comida saudável é comida de verdade, então, use a criatividade e comece a colocar mais sabor no seu prato com temperos naturais e toda a diversidade de alimentos frescos que temos aqui no Brasil.

Se estiver sem inspiração, visite a área de receitas do meu blog. Você vai ver como é gostoso e prático comer comida caseira! E, além disso, essa é uma das melhores formas de prevenir a obesidade, e isso já foi comprovado cientificamente.

Saiba como emagrecer comendo de tudo, sem dieta!

As dietas restritivas afetam o metabolismo e podem até gerar carências nutricionais. Do ponto de vista comportamental, fazer jejum, reduzir de forma drástica o consumo de calorias ou cortar grupos alimentares inteiros (como a gordura ou o carboidrato, por exemplo) acabam sendo soluções muito bruscas, que contribuem negativamente para a relação da pessoa com a comida.

A partir do momento em que ela enxerga determinados alimentos como “engordativos”, vai passar a pensar mais neles como algo proibido. E vai sentir mais vontade! Então, quando se permitir comer, vai comer em uma quantidade muito maior e sentir culpa. E sentir culpa ao comer é muito ruim!

A restrição também dá origem a um outro comportamento que pode contribuir para as pessoas engordarem, que é o hábito de ficar fazendo substituições. Quando tem vontade de um pedaço de bolo, por exemplo, e coloca uma fruta no lugar. Vai comer a fruta e depois uma barrinha de cereal, depois um iogurte….teria sido melhor comer um pedaço de bolo feliz e tranquilo, concorda?

Não deveríamos enxergar nossa alimentação como uma grande preocupação, e sim, como algo que faz parte da vida, que é natural e instintivo. O ideal é comer quando está com fome, e parar quando se sentir satisfeito.

E é justamente sobre isso que falo em meu programa Efeito Sophie. A fórmula é entender a sua relação com a comida para comer sem estresse. São 6 semanas de vídeos e materiais divertidos que vão te ajudar nesse processo para alcançar a saúde de forma gradual e duradoura. Conheça aqui o programa Efeito Sophie!

Se você quer saber como emagrecer comendo de tudo, a primeira coisa que tem que fazer é recuperar os sinais de fome e saciedade e, se você se sente perdido com relação a isso, não deixe de ler também meu artigo sobre Mindful Eating que é uma das ferramentas mais poderosas para comer com tranquilidade e emagrecer sem agredir o corpo.

Pense seu corpo de forma integral

É importante lembrar que seu corpo não é só um número na balança e o nosso peso é consequência da nossa saúde. Ao invés de ficar procurando a dieta da moda, avalie seu estilo de vida como um todo, pois muitos fatores podem levar ao ganho de peso.

Não é só fechar a boca e malhar. É encontrar uma forma de sair do sedentarismo com uma atividade que realmente traga prazer; saber controlar o nível de estresse buscando prazer em outras áreas da vida que não necessariamente tenham a ver com comida; manter os exames em dia e avaliar se por um acaso anda comendo por motivos emocionais.

Não há problema nenhum em querer saber como emagrecer comendo de tudo, pelo contrário! Acho que o caminho é justamente esse. Mas, para ter melhores resultados, procure comer com qualidade e cuidar do seu corpo e da sua mente de forma integral!

Bon appétit!

E aí, já viu como é possível emagrecer comendo de tudo? Acredito que você pode gostar também desses posts:

Conta pra mim nos comentários abaixo, quais suas maiores dificuldades na hora de ser alimentar?

2 thoughts on “Quer saber como emagrecer comendo de tudo? Pergunte-me como!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *