Bem-estar

O que causa pressão alta? Só tem uma causa?

Para entender o que causa pressão alta é importante lembrar que o nosso corpo pode sofrer elevações da pressão em determinadas circunstâncias pontuais, como na prática de exercícios.
Após a elevação momentânea a pressão retorna aos níveis habituais. Estas são adaptações normais que passamos no dia-a-dia.
Quando o corpo não consegue mais fazer essas adaptações e a pressão permanece constantemente alta, dizemos que a pessoa está com hipertensão arterial, uma condição que pode se tornar crônica e causar problemas.

Um ou vários fatores: o que causa pressão alta de fato?

O que causa pressão alta pode estar relacionado a mais de um fator, ou seja, ser multifatorial. Alguns deles são:

  • Genética
  • Idade – Idosos estão mais propensos ao seu desenvolvimento, quando comparados a adultos e jovens.
  • menopausa
  • Ingestão excessiva de sal
  • Consumo crônico e elevado de bebida alcóolica
  • Sedentarismo

Como vimos o que causa pressão alta também está relacionada ao estilo de vida, sendo assim, algumas mudanças podem ajudar a prevenir, diminuir riscos, auxiliar no tratamento ou estabilizar quadros crônicos em conjunto a medicamentos específicos.
Mas como sempre, verifique com seu médico como está sua saúde. Aqui demos somente dicas de estilo de vida que podem ajudar a diminuir o risco de pressão alta.
Veja também: Na luta contra a obesidade, quem pode fazer cirurgia bariátrica?

Entendam os fatores que causam pressão alta

Ingestão excessiva de sal

Uma das causas da pressão alta pode ser a ingestão excessiva de sal, ou seja excesso de sódio, componente presente no sal de cozinha. Seu consumo excessivo está bastante relacionado ao aumento de pressão.
É importante lembrar que a maioria dos produtos industrializados, mesmo quando são doces, possuem sódio em sua composição. O mesmo acontece com bebidas como refrigerante, sucos industrializados, molhos, caldos e temperos prontos.
Por esta razão, fazer da base da sua alimentação o consumo de alimentos in natura ou minimamente processados, além de diminuir o sal de adição que você coloca na comida, são pontos importantes para reduzir a ingestão excessiva de sal.
Pessoas acostumadas a consumir sal em excesso acabam reduzindo a sensibilidade do paladar e com isso muitas vezes adicionam sal à comida, mesmo quando esta já está temperada.
Uma boa solução para reduzir a utilização do sal e deixar a comida saborosa é variar nos temperos caseiros, experimentar o uso de as ervas aromáticas e especiarias, por exemplo.
Lembre-se: manter um equilíbrio e um relacionamento saudável com a comida é uma das minhas dicas principais do Efeito Sophie, o método que criei para ajudar milhares de pessoas a fazer às pazes com a comida.
Criei vários programas online para ajudar as pessoas a voltarem a escutar os sinais do corpo, como fome e saciedade.
O programa online Efeito Sophie, por exemplo, são seis semanas de vídeo aulas, materiais e atividades para revermos juntos como funcionam esses sinais e como você deve lidar com eles. O meu objetivo é que você resgate o prazer de comer. A comida não é vilã, deve ser vista como aliada para te ajudar a alcançar o seu peso saudável. Vamos juntos resgatar o prazer da comida? Conheça aqui o programa online Efeito Sophie.

Consumo crônico e elevado de bebida alcóolica

Você já ouviu falar que o consumo de uma taça de vinho ao dia pode ser bom para o coração? É isso mesmo, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, o consumo diário de álcool a 1 dose nas mulheres e pessoas com baixo peso e 2 doses nos homens pode surtir este efeito benéfico.
Em relação a bebidas alcóolicas o que causa pressão alta é o seu consumo regular e elevado, lembrando que o álcool é uma substância que pode causar dependência, por isso, deve-se sempre haver moderação e cautela em seu consumo.

Sedentarismo

A prática regular de atividade física é protetora, pois é capaz de fortalecer e aumentar a maleabilidade vasos sanguíneos e melhorar o desempenho do coração e do pulmão.
Um estilo de vida mais ativo, além de reduzir fatores de risco como o colesterol alto ou a síndrome metabólica, aumentam a produção substâncias relacionados ao prazer e bem-estar, reduzindo o estresse.
O importante é manter seus check-ups em dias e sempre com seu médico de confiança.
No entanto, em muitos casos, o que causa pressão alta é passível de mudanças. Pensando na alimentação, não existe um alimento que isoladamente é capaz de prevenir ou remediar a situação. O importante é manter uma alimentação equilibrada e somado a isso, manter-se ativo com a prática regular de atividade física e outras atividades prazerosas.
Mas, não caia na paranóia do “Foco, força e fé”, como falo no vídeo abaixo. Ser ativo deve ser prazeroso e não um fardo no dia a dia.

Agora que você já entendeu alguns fatores que causam pressão alta, veja também esse outros conteúdos que separei para você:

E você, o que tem feito para cuidar da sua saúde? Compartilhe comigo nos comentários abaixo:

1 Comentário. Deixe novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Curso online - Efeito Sophie no Comer Emocional

Vontade de comer doces no final do dia?
Conheça os vários tipos de fome e saiba lidar melhor com a fome emocional, aquela que te faz querer comer muitos doces quando chega o final do dia.

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu