Comportamento Alimentar

Transtorno do Comer Compulsivo

A compulsão alimentar é caracterizada quando o indivíduo consome uma quantidade excessiva de alimentos em um curto período de tempo, acompanhada de uma sensação de perda de controle sobre o seu comportamento alimentar! Desta vez vamos explicar sobre Transtorno do Comer Compulsivo (TCC).

Em um episódio de compulsão, a pessoa pode chegar a consumir uma quantidade calórica extremamente alta, e come de forma inespecífica, sem prazer, ingerindo qualquer alimento que veja pela frente e, quase sempre, escondido e com sensação de vergonha e culpa.
Já o Transtorno do Comer Compulsivo (TCC) ou Transtorno da Compulsão Alimentar (TCA) é considerado uma doença psiquiátrica. Caracteriza-se quando os episódios de compulsão alimentar ocorrem pelo menos um dia por semana, em um período de seis meses, associados a algumas características de perda de controle e não são acompanhados de comportamentos compensatórios dirigidos para a perda de peso, como por exemplo vômitos provocados, exercícios intensos para “compensar” o excesso de comida, jejum, uso de laxantes e diuréticos como é o caso do transtorno da bulimia…
Como você pode perceber, o Transtorno do Comer Compulsivo não é apenas um exagero alimentar cometido algumas vezes por todos nós; trata-se de um transtorno alimentar sério, que deve ser tratado de forma multidisciplinar, por profissionais competentes e especializados.
A pessoa que sofre do Transtorno do Comer Compulsivo normalmente relata um sofrimento muito grande, envolvendo vergonha, culpa, baixa autoestima e uma crença infundada de falta de determinação e de força de vontade.
Mas será que o comer compulsivo realmente acontece por falta de autocontrole?
Não, não se trata de fraqueza ou falta de vontade, mas sim de uma condição que precisa de atenção e cuidado, e tão logo esse problema maior seja resolvido, as compulsões desaparecerão gradualmente.
Um gatilho muito comum que pode levar à compulsão alimentar é a prática de dieta restritiva ou proibitiva.

Ciclo do Transtorno do Comer Compulsivo

Este comportamento restritivo nos coloca em um ciclo que funciona assim:

  • Eu inicio uma dieta – seja ela restrita em calorias, alimentos ou nutrientes
  • No início funciona muito bem, pois estou cheia de “força de vontade e determinação”, mas como nosso organismo não tolera restrições, ele entra no “modo sobrevivência”, reagindo através de adaptações metabólicas que aumentam nosso desejo pelo alimento proibido e aumentando a fome e vontade de comer carboidratos
  • Em seguida, acabamos comendo algo que não deveríamos comer (saímos da dieta) e entramos no modo “já que…” e comemos de forma exagerada e sem prestar atenção, pois “já que” saí da dieta, vou comer tudo que quero (fazer uma despedida) e amanhã eu começo a dieta novamente – alguém aqui se identifica com isso?!
  • O exagero desencadeia a culpa e a baixa autoestima, além da sensação de fracasso, me levando a “tomar vergonha na cara” e iniciar uma dieta ainda mais restritiva. E assim, o ciclo recomeça…

Portanto, se você desconfia que tem um Transtorno do Comer Compulsivo, o primeiro passo a dar é buscar ajuda especializada para que você possa fazer as pazes com a comida e com você. Cuide-se! Tem tratamento e técnicas para sair desse ciclo vicioso.
Além de entender melhor o que é Transtorno do Comer Compulsivo, aproveite para conhecer mais sobre:

Que tal conhecer o meu programa online Efeito Sophie no Comer Emocional? Ele foi pensado para te ajudar a descobrir os gatilhos do seu comer emocional e te ensinar passos simples para diminuir ou até eliminar esse comportamento. Mude a sua relação com a comida e viva melhor. Saiba mais!

7 Comentários. Deixe novo

  • Sinto que estou entrando em uma crise de ansiedade e com isso o transtorno alimentar. Já tive depressão há alguns anos atrás, mas o que sinto agora é diferente. Quero comer sem estar com fome, nunca me sinto saciada, posso estar me sentindo de estômago cheio, mas minha mente pede mais comida, e nada me sacia, só penso em comidas gordurosas e doces, e com isso tenho ganhado peso. Penso em entrar na academia, mas nem isso, consegui fazer. Tenho vergonha de procurar um médico por causa disso e não sei qual médico procurar e nem por onde começar. Peço uma orientação. Obrigada!

    Responder
    • Olá Maria, como vai?
      Você não está sozinha! Procure um profissional de saúde especializado para que juntos vocês encontrem um caminho de paz com a comida. Você pode procurar por um psicólogo ou nutricionista comportamental. 😉
      Você pode encontrar profissionais que atendem seguindo a mesma linha da Dra. Sophie na Rede Sophie.
      Nesse link você encontrará profissionais de diversos estados do Brasil que foram capacitados pelo curso Nutricoach – Método Sophie: https://www.sophiederam.com/br/rede-sophie/
      Um abraço,
      Nathália – Equipe Sophie

      Responder
  • Oi boa tarde prazer Tatiane Santana ; venho aqui perdi ajuda , não aguento mais as pessoas ficar me atacando chingando de bola que vai descer rolando etc , isso me machuca muito eu já tentei de tudo pra emagrecer não aguento mais alguém pode me ajudar? Tenho ansiedades ,e preciso de ajuda ,tudo que está escrito aí è tudo o que estou passando me ajuda por favor só quero emagrecer mais nada

    Responder
    • Olá Tatiane, como vai?
      Sinto muito pelo o que você está passando. Nesse caso, sugiro que você procure ajuda de um profissional de saúde especializado. Apenas em uma consulta presencial será possível ter um atendimento individualizado. 😉
      A Dra. Sophie atende em um consultório em São Paulo nas segundas e quintas. Para saber disponibilidade e horários, você pode entrar em contato diretamente com ela por e-mail: sophie@nutricoach.com.br
      -> Você pode encontrar profissionais que atendem seguindo a mesma linha da Dra. Sophie, é só entrar na Rede Sophie através do link: https://www.sophiederam.com/br/rede-sophie/
      Lá você encontrará profissionais de diversos estados do Brasil que foram capacitados pelo curso Nutricoach – Método Sophie.
      Um abraço,
      Nathália – Equipe Sophie

      Responder
  • Como que nós compulsivos deixamos de comer. Não é tão simples, assim, eu já fui a psiquiatra, psicólogo, tenho pânico, ansiedade neurótica, os medicamentos não me ajudaram, mudei de médico 4 vezes e nada adiantou, só envenenei meu corpo. Isso é um pesadelo, estar na mão da medicina atual com total falta de respeito ao ser humano, parece que eu sou o rato de laboratório.

    Responder
  • Boas, eu sofro sem dúvida de transtorno alimentar, a descrição acertou em cheio.
    Haverá alguma maneira de me ajudar sem ir ao medico ?
    Eu acho que se comesse de tudo mas em quantidades normais, nao teria problemas de peso
    Obrigado

    Responder
    • Olá Helder, tudo bem?
      O ideal é um acompanhamento presencial de um profissional de saúde especializado. 😉
      Essa sensação de perca de controle pode sim ser a compulsão alimentar e o primeiro passo é parar de fazer dieta restritiva.
      Você não está sozinho, procure ajuda 😉
      Abraços,
      Nathália – Equipe Sophie

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Curso online - Efeito Sophie no Comer Emocional

Vontade de comer doces no final do dia?
Conheça os vários tipos de fome e saiba lidar melhor com a fome emocional, aquela que te faz querer comer muitos doces quando chega o final do dia.

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu