Comportamento Alimentar

Como recuperar o paladar após COVID?

Aqui você vai encontrar essas dicas de como recuperar o paladar após COVID:

  • Como treinar o seu olfato e o seu paladar;
  • Como ter paciência ao tentar voltar a sentir gosto e cheiro;
  • Quando procurar ajuda médica.

Os sintomas mais comuns da COVID-19 incluem febre, tosse seca e coriza, além de falta de ar e dor no peito nos casos mais graves.  

Mas além desses, a perda do paladar e do olfato, que chamamos, respectivamente, eugesia e anosmia, são muito características. Quanto a esses sintomas, além de aparecerem no curso da infecção, podem persistir como sequela mesmo após a doença.

Se você foi infectado pelo coronavírus (SARS-CoV-2), parou de sentir gosto e cheiro e quer saber como recuperar o paladar após COVID, tenho 3 dicas que podem ajudar você.

Mas antes, você sabe porque algumas pessoas perdem o paladar após a COVID-19?

Antes de você saber como recuperar o paladar após COVID talvez também queira entender melhor porque algumas pessoas deixam de sentir o gosto dos alimentos após essa doença.

Bem, não sentir o sabor dos alimentos durante uma infecção viral não é algo novo. Lembra-se de estar resfriado e não sentir muito bem o gosto dos alimentos? Em geral, isso acontece porque sintomas nasais, como a coriza, interferem no olfato, que está intimamente conectado com o paladar.

No entanto, quando se trata da COVID-19, a perda do olfato e do paladar pode se manifestar independente de qualquer sintoma respiratório.

A ciência ainda não consegue explicar totalmente porque isso acontece, mas apresenta algumas hipóteses.

Sabe-se que o coronavírus pode acessar o nosso sistema nervoso, ligando-se ao nervo olfatório, responsável por enviar ao cérebro informações sensoriais relacionadas ao olfato.

Já a ageusia poderia ser uma consequência dessa disfunção do olfato, pois esses dois sentidos estão muito conectados. No entanto, acredita-se que o coronavírus também pode afetar as células da mucosa oral, interferindo no paladar.

Por isso, algumas pessoas não sentem cheiro nem sabor, enquanto outras perdem ou o olfato ou o paladar.

3 dicas de como recuperar o paladar após COVID

Agora que você conhece algumas hipóteses que explicam porque o coronavírus afeta a capacidade de sentir sabores e cheiros, é hora de saber como recuperar o paladar após COVID.

1 – Treine o seu olfato e o seu paladar

Um estudo publicado recentemente por um grupo internacional de cientistas propõe um treinamento olfativo (como uma fisioterapia), que pode ajudar a recuperar tanto o olfato quanto o paladar.

O treinamento é simples e não tem contraindicações. Consiste em cheirar 4 aromas diferentes duas vezes ao dia, por cerca de 20 segundos e com um intervalo de 1 minuto entre eles.

Escolha alimentos de cheiro forte como laranja, hortelã, alho e café. Óleos essenciais com aromas característicos (limão, cravo e eucalipto, por exemplo) também são boas opções.

O objetivo é contribuir com a capacidade do cérebro de organizar e compensar as mudanças ou lesões nos nervos olfativos.

Para avaliar seu progresso, você pode anotar como está sentido o cheiro no momento e comparar com os resultados alguns meses depois.

Algo muito parecido pode ser feito se apenas o paladar foi afetado. Nesse caso, diversifique e experimente alimentos com os 5 cinco sabores que somos capazes de identificar: amargo, azedo, salgado, doce e umami, este último presente em queijos, tomate e no glutamato monossódico. 

2 – Tenha paciência 

Se você quer saber como recuperar o paladar (após COVID) também é importante entender que isso pode levar tempo e é muito variável.

Algumas pessoas podem voltar a sentir cheiro e sabor normalmente após alguns dias, mas outras demoram mais. O treinamento olfativo e do paladar pode durar meses.  

Durante o processo pode acontecer a parosmia, o que quer dizer que as coisas ficam com um cheiro diferente e desagradável. Por exemplo, você pode sentir odor e sabor de gasolina no café.

Mas lembre-se, qualquer cheiro ou sabor que se sente é um bom sinal de evolução.

3 – Busque ajuda de profissionais

Se você está aqui, querendo saber como recuperar o paladar (após COVID), é porque já percebeu o quanto sentir o aroma e o sabor das coisas é importante. 

O olfato e o paladar desempenham funções de defesa. Imagine as consequências de não sentir o cheiro de uma panela queimando, do gás vazando ou da comida estragada. 

Além disso, esses dois sentidos estão envolvidos com o prazer, o que é muito importante para a nossa saúde.

Sem sentir cheiro ou sabor, provavelmente será desagradável cozinhar ou comer, gerando falta de apetite, sobre a qual falo no vídeo abaixo.

 

É possível que isso leve a comer menos e pode levar a deficiências de nutrientes, inclusive daqueles que influenciam na capacidade de sentir os sabores e odores, como o mineral zinco, também muito importante para a imunidade. Sem falar que socialmente a comida é algo que nos conecta.

Por isso, se você está com anosmia ou ageusia, fique ainda mais atento à validade dos alimentos, procure um médico otorrinolaringologista e profissionais de saúde mental para lidar melhor com as consequências sociais e psicológicas relacionadas a esses problemas.

Dica final sobre como recuperar o paladar (após COVID)

Saber como recuperar o paladar (após COVID) é muito importante, pois este sintoma ou sequela pode interferir na nossa alimentação e saúde, que independentemente da anosmia ou eugesia, merecem muita atenção.

Por isso, se está precisando de ajuda para ter uma alimentação mais saudável, convido você a dar uma olhada no curso online Efeito Sophie.

Nele, eu não vou falar sobre as últimas dietas da moda, alimentos milagrosos e fórmulas mágicas de emagrecimento – até porque não acredito em nada disso.

Ao invés, eu vou te ajudar a identificar o seu comportamento e relacionamento diante da comida.

A minha missão é fazer com que você possa encarar a alimentação como algo prazeroso, sem estresses e muito menos culpa.

Com algumas dicas práticas, você poderá alcançar o SEU peso saudável, de forma gradual e duradoura.

Se inscreva e comece hoje mesmo o curso online Efeito Sophie!

Vamos juntos nessa?

Se ainda não for o melhor momento de fazer o curso, fica à vontade também para ler o livro O Peso das Dietas, assistir uma das minhas próximas palestras ou mesmo agendar uma consulta se precisa de um acompanhamento mais personalizado. 

Bon appétit!

 Referências

EQUILS, Ozlem et al. Intra-nasal zinc level relationship to COVID-19 anosmia and type 1 interferon response: A proposal. Laryngoscope Investig Otolaryngol. v. 25, n. 6, p. 21-24, 2005.

HUART, Caroline et al. Systemic corticosteroids in coronavirus disease 2019 (COVID‐19)‐related smell dysfunction: an international view. International forum of allergy & rhinology, 2021.

VAIRA, Luigi Angelo et al. Potential pathogenesis of ageusia and anosmia in COVID‐19 patients. In International forum of allergy & rhinology, v. 10, n. 9, p. 1103 – 1104, 2020.

Se gostou deste artigo sobre como recuperar o paladar após COVID, provavelmente vai adorar ler estes posts que separei para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Curso online - Efeito Sophie no Comer Emocional

Vontade de comer doces no final do dia?
Conheça os vários tipos de fome e saiba lidar melhor com a fome emocional, aquela que te faz querer comer muitos doces quando chega o final do dia.

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu