Bem-estar
Falta de zinco no organismo
Falta de zinco no organismo

O que causa falta de zinco no organismo? Como tratar?

O zinco é um mineral muito importante para o bom funcionamento do corpo humano. Ele foi reconhecido como um nutriente essencial na década de 1930, mas apenas três décadas depois a falta de zinco no organismo (ou deficiência de zinco), foi relatada, sendo observados baixa estatura e mau funcionamento dos testículos e ovários em algumas populações.

Mas essas são apenas algumas consequências da falta de zinco no organismo. Aqui, vou apresentar outras e ajudar você a entender melhor porque elas se manifestam, conhecendo suas funções.

Vamos lá?

Para entender a falta de zinco no organismo, conheça suas funções

O zinco está distribuído no corpo humano, compondo órgãos, tecidos e fluidos (como o sangue), sendo que as maiores quantidades são encontradas nos músculos e ossos.

Ele desempenha papéis importantíssimos, por isso que a falta de zinco no organismo traz tantas consequências negativas para a nossa saúde.

Esse mineral está envolvido na ação de mais de 300 enzimas (substâncias orgânicas, geralmente proteicas que catalisam ou incentivam reações químicas), e participa de funções como:

  • controle da síntese de DNA;
  • desenvolvimento cerebral;
  • interação com receptores de neurotransmissores;
  • função sexual e reprodução;
  • desenvolvimento fetal;
  • formação dos ossos;
  • cicatrização de feridas;
  •  entre outras.

Sintomas da falta de zinco no organismo

Como você pode ver, o zinco desenvolve diversas funções no nosso corpo, por isso algumas consequências e sintomas da falta de zinco no organismo são:

  • perda de apetite;
  •  hipogeusia (alterações no paladar, com diminuição da capacidade de sentir sabor);
  • queda de cabelo;
  • unhas frágeis;
  • diarreia;
  • intolerância à glicose;
  • mau funcionamento dos testículos e ovários, podendo levar à infertilidade;
  • prejuízos para a imunidade;
  • lesões na pele e nos olhos;
  • comprometimento do crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes.

Como evitar a deficiência de zinco com alimentação

A falta de zinco no organismo é causada principalmente por um consumo alimentar inadequado. Assim, uma boa alimentação pode ajudar a prevenir a deficiência desse mineral.

Por ser um mineral (ou micronutriente), precisamos do zinco em pequenas quantidades, facilmente atingidas com uma alimentação equilibrada, sem estresse!

Os alimentos mais ricos em zinco são: 

  • as carnes vermelhas; 
  • frutos do mar (ostra, camarão, caranguejo) 
  • e grãos integrais. 

Nos grãos, esse mineral está presente principalmente no gérmen e nas cascas, por isso os integrais tendem a apresentar mais zinco que aqueles refinados.

Também vale lembrar que os fitatos em excesso podem prejudicar a absorção de zinco. O fitato é um composto muito encontrado em cereais, leguminosas e outros vegetais que pode formar complexos insolúveis, ligando-se a minerais como o zinco, que acabam sendo excretados pelas fezes. Já as proteínas e os carotenoides da alimentação favorecem a absorção de zinco.

Dessa forma, quando é identificada uma falta de zinco no organismo vale a pena dar mais atenção ao consumo de alimentos ricos em zinco e comer menos alimentos ricos em fitato. Para diminuir o teor de fitatos você também pode fazer o remolho antes do preparo de feijões e outras leguminosas. 

Suplementação para evitar falta de zinco no organismo?

Muita gente se preocupa com a falta de zinco no organismo bem como de outros nutrientes e acredita que para preveni-la a suplementação é um bom caminho.

Em alguns casos de deficiência de zinco realmente é necessário suplementá-lo. Mas isso deve acontecer com avaliação e acompanhamento médicos.

Sem falar que não só a falta de zinco no organismo, mas também o seu excesso pode ser prejudicial à saúde, provocando febre, dores de barriga e cansaço.

De forma geral, ter uma alimentação variada, com alimentos de todos os grupos alimentares (cereais, leguminosas, leite e derivados, carnes, ovos, frutas, legumes, verduras, raízes, tubérculos, oleaginosas) irá proporcionar a quantidade adequada de zinco que o organismo necessita.

Além disso, também estaremos bem nutridos com proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e todos os outros minerais que são importantes para uma boa saúde.

Ou seja, não veja o zinco como um nutriente mágico. Ele é indispensável, mas sozinho não faz milagre.

Além disso, busque consumir mais comida fresca e caseira, ouça seus sinais de fome e saciedade, fique em paz com a comida e cozinhe mais (como mostro no vídeo abaixo).

Quer saber mais sobre a falta de zinco no organismo?

Se quer saber mais sobre deficiência de zinco, além de outros nutrientes e informações que podem ajudar a sua nutrição, convido você a dar uma olhada no meu curso online Efeito Sophie!

Nele, eu não vou falar sobre as últimas dietas da moda, alimentos milagrosos e fórmulas mágicas de emagrecimento – até porque não acredito em nada disso.

Ao invés, eu vou te ajudar a identificar o seu comportamento e relacionamento diante da comida.

A minha missão é te ajudar a fazer as pazes com a comida e corpo, e você possa encarar a alimentação como algo prazeroso, sem estresses e muito menos culpa.

Com algumas dicas práticas, sempre focando na sua saúde e no seu bem-estar, você poderá alcançar o SEU peso saudável, de forma gradual e duradoura. O peso é consequência da sua saúde.

→ Se inscreva e comece hoje mesmo o curso online Efeito Sophie! ← 

Vamos juntos nessa? 

Se ainda não for o melhor momento de fazer o curso, fica à vontade também para ler o livro O Peso das Dietas, assistir uma das minhas próximas palestras ou mesmo agendar uma consulta se precisa de um acompanhamento mais personalizado. 

Bon appétit!

Referência

COZZOLINO, Silvia M. Franciscato (Org.). Biodisponibilidade de nutrientes. 6. ed. rev. e atual. — Barueri, SP : Manole, 2016.

Se gostou deste artigo sobre falta de zinco no organismo, provavelmente vai adorar ler estes posts que separei para você:

  1. O que é valor energético – devemos contar calorias no nosso dia a dia?
  2. Qual é o colesterol ruim e qual sua relação com as doenças do coração?
  3. Qual é o colesterol bom? Dá para melhorar por meio da alimentação?

5 Comentários. Deixe novo

  • Qual o medicamento adquado para combater a falta de zinco em uma criança de um ano e nove meses

    Responder
  • Tenho uma neta de de 1ano e 9meses e tem deficiencia de zinco no organismo

    Responder
  • Boa noite estou sentindo um gosto adocicado na boca eu suspeitei do remédio que estava tomando analapril fui no cardiologista e troquei o remédio sabe dizer quanto tempo para sai essa sensação na boca

    Responder
  • Benedito Rodrigues
    11 de abril de 2022 7:48 pm

    Boa noite , acho que estou com falta de zinco no organismo acho que não existe exame para medir isso .

    Responder
    • Olá Benedito!
      Sim, existe exame para verificar zinco sérico. Busque auxílio de um profissional de saúde 😉
      Um abraço,
      Nathalia – Equipe Sophie

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Dra Sophie Deram

Consultas, cursos, palestras … Conheça melhor a Dra Sophie e o que pode fazer para você.

Artigos Relacionados