Em busca de qualidade de vida e bem estar, milhares de pessoas estão indo atrás de alternativas para lidar melhor com a rotina pesada do dia a dia. Uma delas, com benefícios amplamente comprovados, é a prática da meditação. Mas não pense que irá precisar virar monge ou tentar ficar com a mente em branco. A meditação é um estado de atenção plena, focada no seu momento presente. Algumas técnicas simples feitas com regularidade podem transformar a sua vida. Desta vez vamos explicar como meditar em casa e colocar esta atividade em sua rotina.

Mas este é o grande desafio: frequência. Muitas pessoas acreditam que não há muitos espaços especializados e só de pensar em chegar até eles, bem no meio da semana, cansada, após um dia cheio… Já abandonam a ideia! Mas e se eu disser que você pode meditar na sua casa? Sim! E o melhor, com o tempo vira hábito! E um hábito que vai proporcionar um bem estar incrível. Gostou da ideia? Aprenda AGORA como meditar em casa.

Escolha um bom momento

Como pode ser mais difícil de concentrar-se no início, opte por um horário que já se encontra mais relaxada, como meditar em casa logo ao acordar ou após o expediente. Quando estiver mais acostumada com a meditação, você consegue se concentrar mais facilmente, independente do horário.

Busque um lugar tranquilo

De início, procure lugares sem distrações, barulhos ou com alto fluxo de pessoas. Desligue TV, rádio e até o celular, se possível. Escolha um lugar tranquilo para te ajudar na concentração. Ambientes calmos e silenciosos podem fazer da meditação uma experiência mais agradável e relaxante.

Vista roupas confortáveis

Como o objetivo é relaxar, aposte em roupas mais confortáveis, soltas, como aquelas para se exercitar, sabe? Roupas muito apertadas podem incomodar e te tirar do estado meditativo, o que dificultará sua experiência de como meditar em casa.

Encontre uma posição agradável

É um dos fatores essenciais de como meditar em casa. Você pode se sentar em qualquer posição desde que seja confortável para você. Grande parte das pessoas se senta reto em uma cadeira ou encima de uma almofada. Isso evita dores durante períodos mais longos ao sentar-se com as pernas cruzadas. Suas mãos podem cair suavemente em seu colo ou dos lados. O ideal é não se deitar, a menos que você esteja fazendo uma meditação específica (para dormir, por exemplo). Fique com os olhos fechados e relaxe!

Medite antes das refeições (de preferência)

Com o estômago cheio (logo após as refeições principais), há grandes chances de você cochilar na meditação. O oposto também deve ser evitado: se estiver com muita fome, pode acabar pensando em comida o tempo todo. Coma algo leve antes da meditação, como uma fruta, por exemplo. Estar atenta às sensações do seu corpo ajuda a se concentrar melhor e a se sentir mais confortável. É uma boa técnica de como meditar em casa.

Concentre-se na respiração

Durante o dia, respiramos de forma automática, sem pensar de fato sobre ela. Já quando estamos descobrindo como meditar em casa, a respiração deve ser feita de modo consciente, puxando e soltando o ar de forma lenta. Respire, inspire e expire. Neste ritmo, sinta a sua respiração. Isso ajuda a manter o ritmo e você vai atingir mais facilmente o estado de tranquilidade, tanto do corpo quanto da alma.

Evite lutar contra os pensamentos

É importante ter em mente que você não precisa lutar contra os pensamentos durante a meditação. Existem ferramentas que trazem carinhosamente o seu foco mais uma vez para a prática da meditação. Aliás, alguns tipos de meditação até enfatizam a importância de estar presente e atento aos pensamentos que possam surgir durante a prática.

Como meditar em casa? Aprenda do seu jeito

Há muitas técnicas de como meditar em casa: você pode aprender sozinho ou com a ajuda de uma meditação guiada online ou até por meio de aplicativos. Caso prefira companhia, pode buscar grupos próximos a sua residência ou até frequentar retiros. Enfim, cada um tem um estilo de aprendizagem próprio. Encontre o seu e conecte se com você mesma!

Teste métodos de concentração

Se tiver muita dificuldade para se concentrar, algumas ferramentas podem auxiliar. Os chamados mantras são usados para ajudar a sua mente a entrar (ou focar) na sua prática de meditação. Outras práticas de meditação usam alguns tipos de sons, contam respirações ou até mesmo apenas a própria respiração como ferramenta similar.

Agora que você aprendeu alguns métodos de como meditar em casa, comece devagar com práticas de 5 a 10 minutos e vá aumentando gradualmente. Conforme for sentindo os benefícios da meditação diária, vai se tornar uma parte não negociável da sua rotina, tamanho bem estar e qualidade de vida que irá conquistar. Boa prática!

Que tal conhecer meu método Efeito Sophie, que ensina a transformar sua relação com a comida e a voltar a escutar os sinais do seu corpo? São seis semanas com vídeos e materiais que vão explicar sobre hábitos alimentares, e como recuperar o prazer de comer. Saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *