Acredito que a nossa alimentação é a base da nossa saúde. Quem está em busca das melhores faculdades de nutrição com certeza há de concordar comigo: é possível mudar o quadro de muitas doenças a partir da implementação de novos hábitos alimentares, da conscientização sobre a qualidade da comida que vai no prato e, claro, de uma revisão do estilo de vida de um modo geral.

Sendo assim, o nutricionista é um profissional de extrema importância na nossa sociedade atual. Especialmente diante dos altos índices de doenças crônicas, cardiovasculares ou diabetes, e fatores de riscos como a obesidade, que vemos crescer a cada dia no Brasil e no mundo. A área está em ascensão e, se você busca esse tipo de formação, é bom se preparar bem porque o desafio é grande!

Por isso, mais do que focarmos em índices sobre as melhores faculdades de nutrição, é importante ver outros aspectos que podem impactar a qualidade do seu aprendizado. Para começar, vou dar uma pequena visão do papel do nutricionista, e, em seguida, falarei um pouco a mais sobre o curso.

A Nutrição e o nutricionista

As melhores faculdades de nutrição são aquelas preparadas para formar o profissional para compreender a saúde humana, os nutrientes e, com isso, investigar e entender a relação do paciente com o alimento.

Na minha opinião, vai um pouco além de definir cardápios: é preciso avaliar o estado de saúde em primeiro lugar e entender o contexto social e o meio ambiente em que a pessoa vive; sua rotina, seu histórico familiar, entre outros aspectos.

Claro que hoje em dia muitas pessoas procuram os profissionais da área por motivos estéticos. Não vejo problema nisso! Mas não podemos esquecer que somos profissionais da saúde, e o nosso papel é avaliar a parte clínica, os exames e outros índices que possam influenciar o estado emocional ou físico. Se é isso que você tem em mente quando pensa nessa profissão, já é meio caminho andado.

Se você conseguir filtrar as melhores faculdades de nutrição e encontrar uma que atenda à maior parte das suas expectativas e necessidades, melhor ainda.

Como encontrar as melhores faculdades de nutrição

Um dos primeiros critérios citados quando o assunto é “melhores faculdades de nutrição” é a nota do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

Ele é um índice interessante porque mede o desempenho dos próprios estudantes em relação ao conteúdo do curso, habilidades e competências que dizem respeito à formação.

O objetivo é testar os conhecimentos relacionados às diretrizes curriculares e o nível de atualização dos alunos frente à realidade brasileira e mundial.

Então, se você está fazendo essa busca sobre as melhores faculdades de nutrição, vale explorar um pouco mais o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), que é o órgão responsável por aplicar este teste em universidades de todo o Brasil, e conferir as notas das universidades que estão no seu radar!

Melhores faculdades de nutrição: além dos índices

Claro que esse índice tem um peso importante dentro da área. Mas antes de tomar uma decisão, existe uma série de fatores que devem ser levados em conta. Porque de nada adianta você optar por alguma instituição que está no topo da lista das melhores faculdades de nutrição, se ela não atende outros requisitos.

Então, vamos a alguns fatores importantes.

1. Perfil da faculdade

A primeira coisa é entender um pouco mais sobre o perfil da instituição: ela é reconhecida por preparar mais para o mercado de trabalho, ou para o mundo acadêmico? Isso é uma das coisas primordiais a serem definidas, porque essa decisão vai depender do rumo que você quer dar para sua carreira.

2. Currículo

O currículo: atende às especificações estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC)? Para saber essa resposta, você pode comparar a grade da faculdade com estes dois documentos:

3. Corpo docente

Procure também saber mais sobre os professores e coordenadores do curso. É com eles que você vai passar os próximos quatro anos, então, seria interessante optar por um corpo docente que você tenha respeito e admiração. Pergunte, pesquise, visite a faculdade, troque ideias com ex-alunos. Tudo isso é muito válido!

4. Infraestrutura

Para ser classificada como uma das melhores faculdades de nutrição, a instituição deve oferecer uma boa estrutura, especialmente porque estamos falando da área de saúde, que requer aulas práticas e muita pesquisa. Então, antes de se decidir, faça um tour pelas áreas comuns, salas de aula, laboratórios, biblioteca, etc.

Outro fator importante é a quantidade de equipamentos disponíveis em laboratório para as avaliações nutricionais, como balança, adipômetro e antropômetro. São suficientes para o número de vagas que disponibilizam por turma? Todos estes detalhes devem ser checados antes porque são coisas que podem comprometer a evolução do seu aprendizado.

5. Fatores práticos: preço e proximidade

Considere os fatores práticos. Os que costumam pesar mais são preço e distância. Se a faculdade for particular, o valor está dentro do seu orçamento? Além disso, você acha que consegue chegar a tempo das aulas, considerando o lugar que mora, e onde trabalha?

A localização é boa? Tem facilidade para transporte público, e, se você vai de carro, tem estacionamentos próximos e com valores que cabem no seu bolso?

Veja bem: mais do que saber quais são as melhores faculdades de nutrição, você também precisa saber se ela é boa para as suas necessidades.

Opinião de especialista conta muito!

Fecho esse artigo com a opinião da nutricionista e professora Érika Aparecida de Azevedo Pereira (*), que foi minha aluna no meu curso presencial Nutricoach Método Sophie.

Ela faz a seguinte colocação:

“Um ponto diferencial, que no meu ponto de vista, qualifica muito um curso, promovendo uma valorização no perfil do egresso, é justamente a presença de atividades práticas – estágio não-curriculares – ao longo do curso, que possibilita a imersão do aluno na realidade social na qual ele está inserido, promovendo a formação de indivíduos responsáveis socialmente”.

Assim como a Érika, centenas de profissionais de saúde em mais de 20 estados pelo Brasil – nutricionistas, médicos, psicólogos e professores de educação física –  já receberam formação no meu curso Nutricoach Método Sophie.

Veja o que eles acham da minha metodologia:

Saiba mais informações sobre o Método Sophie ←

Espero que com as considerações deste artigo, você consiga, entre as melhores faculdades de nutrição, optar pela que seja melhor para você!

Bon appétit!  

(*) Érika Aparecida de Azevedo Pereira é graduada pela Universidade Federal de Ouro Preto, mestre em Biotecnologia, com pós-graduação em Nutrição Clínica , Saúde Pública, Nutrição e Doenças Renais, Fitoterapia e Nutricoach Método Sophie.

Ela contribuiu com várias das informações utilizadas nesse artigo, porque tem a visão de campo, já que é coordenadora e professora do curso de bacharelado em Nutrição do Centro Universitário do Sul de Minas (UNIS/MG).

Se você gostou dessa leitura, provavelmente vai gostar destas aqui que separei para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *