Sofremos de terrorismo nutricional, que demoniza alimentos e vem apoiado num discurso supostamente científico – mas que, muitas vezes, não passa de pseudociência – é o que chamo de “nutricionismo”. É um termo inventado por Gyorgy Scrinis, professor de Política Pública de Alimento e Nutrição na Universidade de Melbourne, Austrália, a partir da junção de “nutrição” e “cientifismo” (excesso de ciência).

Pois é! Escutamos cada vez mais falar de novas novas regras, produtos milagrosos, ou uma demonização de outros, o que chamo de modismos. As revistas e as mídias sociais estão cheias de terrorismo nutricional. Blogs fitness que espalham essa pseudo-ciência estão atraindo milhões de fãs, especialmente jovens.

Parece que alimentar-se virou perigoso!

Cansada de sofrer com dietas e não conseguir o resultado desejado? Descubra como emagrecer de forma sustentável!

Vamos voltar para o bom senso e se livrar desse terrorismo nutricional?

Comer, como algo tão essencial, que precisamos fazer várias vezes ao dia, com prazer e satisfazendo nossa fome, virou um fator desencadeante de ansiedade, de estresse e algo que nos faz sentir tanta culpa?

Dica7

Denunciei isso em uma entrevista fantástica muito bem escrita pela Renata Lacerda de Vitória, ES, em maio de 2014 e o artigo virou viral na internet!! Vivemos hoje um terrorismo nutricional. As pessoas não sabem mais o que comer. Foi a minha primeira grande entrevista e deu início a minha cruzada para espalhar pelas mídias sociais e a internet a minha mensagem de “comer melhor e não menos”, de fugir das dietas restritivas e do terrorismo nutricional.

Depois desse artigo, comecei a receber muitos depoimentos de pessoas do Brasil inteiro contando o quanto esse terrorismo nutricional acabou com o bem-estar e as vezes a saúde deles.

Estou feliz de ver que o termo “terrorismo nutricional”, que fui a primeira a usar no Brasil, hoje em dia é procurado no Google algumas centenas de vezes por mês. Isso quer dizer que a minha mensagem está sendo espalhada!

Vamos procurar o bom senso e lembrar que não têm alimentos bons e alimentos ruins, não têm alimentos que emagrecem de vez ou engordam sozinhos, não existem alimentos que curam o câncer ou causam ele, e não deveríamos demonizar alimentos mas sim fazer as pazes com eles. Existem alimentos. Podemos comer de tudo, mas não tudo!

Veja este vídeo para rir e não chorar!
Nutricionista – Porta dos fundos

Bon appétit!

Projeto Verão Sophie: Todo dia de novembro uma nova dica. Clique aqui para saber mais e achar as outras dicas.

1 thought on “Dica 7 – Fuja do terrorismo nutricional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *