Projeto Verão

Dica 5 – A saúde começa em casa

Muitas pessoas acham que a genética tem um peso muito grande. Pensam por exemplo que como existe obesidade ou incidências de câncer nas suas famílias, elas provavelmente passarão por isso. É claro que a predisposição genética existe, mas melhorias no estilo de vida e nos hábitos, com algumas dicas de saúde simples, podem fazer uma diferença.
O nosso estilo de vida é verdadeiramente importante e qualquer melhora, mesmo mínima, já ajuda a melhora a saúde.
Se existe uma novidade sensacional da ciência recente é a genômica, ou seja, a ciência que estuda como nossos genes se expressam em função do nosso meio ambiente. Veja bem, nascemos todos com a nossa genética fixa e única (só não é única se temos um gêmeo idêntico!). Até poucos anos atrás pensávamos que a nossa genética era o nosso destino, mas hoje sabemos que ela pode se expressar de maneira diferente, e isso em função do nosso meio ambiente e especialmente do nosso estilo de vida!
Olha que noticia sensacional! Podemos melhorar a nossa predisposição genética! Uma pesquisa realizada com um grupo de adolescentes que tinham uma forte predisposição genética à obesidade mostrou que não desenvolveram obesidade ao seguir algumas dicas de saúde e ao adotar um estilo de vida saudável!
Muitas condições como obesidade ou doenças como câncer podem ser evitadas com um estilo de vida mais saudável. Algumas pesquisas até mostraram que podemos também reverter alguns graus de doenças mudando o estilo de vida. Vale a pena refletir sobre isso e transformar nossa vida no sentido mais saudável, não é? não custa nada!
Dica5
Veja algumas dicas de saúde simples. Não precisa de mudanças drásticas. Elas não são sustentáveis.
Pense em conseguir um passo de cada vez, focando no progresso sustentável e não na perfeição.
> Por exemplo: Você não consegue fazer atividade física? Você nunca anda? Comece andando por 10 minutos um dia, 10 minutos no outro, e vá progressivamente aumentando, no seu ritmo.
> Dormir e descansar são necessidades básicas que não respeitamos o suficiente. Muitos têm a impressão de perder tempo. Reflita sobre suas rotinas e tente reorganizar o que puder para conseguir descansar mais.
> O nosso relógio biológico (sim temos genes relógio “CLOCK genes” dentro da nossa genética) é cíclico e deveríamos respeitar o dia e a noite. Procure adotar rotinas que ajudam o nosso relógio interno a ficar mais tranquilo.
> Não se esqueça de beber água e tomar sol! Tudo na moderação!
> E é claro ALIMENTAÇÃO é um fator muito importante! Aliás, alimentação é o que mais influencia a expressão dos seus genes (Dr. Ordovas da Tufts University em Boston, EUA – com quem tive o prazer de trabalhar e publicar meus resultados de doutorado). Vamos falar mais de alimentação nas outras dicas deste projeto verão ;)
Pode ver que algumas dicas de saúde simples podem fazer uma grande diferença. Sempre foque no progresso e na sustentabilidade!
Que tal conhecer meu método Efeito Sophie, que ensina a transformar sua relação com a comida e a voltar a escutar os sinais do seu corpo? São seis semanas com vídeos e materiais que vão explicar sobre hábitos alimentares, e como recuperar o prazer de comer. Saiba mais!
Assista aqui a um vídeo bem bacana sobre o efeito do estilo de vida na genética:
Epigenética: Como a Comida Afeta Nossos Genes
Projeto Verão Sophie: Todo dia de novembro uma nova dica. Clique aqui para saber mais e achar as outras dicas.

2 Comentários. Deixe novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Curso online - Efeito Sophie no Comer Emocional

Vontade de comer doces no final do dia?
Conheça os vários tipos de fome e saiba lidar melhor com a fome emocional, aquela que te faz querer comer muitos doces quando chega o final do dia.

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu