Nutricoaching

Qual a importância do atendimento multidisciplinar?

No atendimento multidisciplinar, a equipe multiprofissional em saúde é composta por profissionais de diferentes áreas que trabalham conjuntamente em prol da saúde, do bem-estar e da qualidade de vida de um paciente ou mesmo de uma família.

A importância do atendimento multidisciplinar é grande na atualidade, pois os problemas de saúde são complexos, podendo afetar corpo e mente.

Além disso, boa parte deles, como as doenças crônicas não transmissíveis, a obesidade e os transtornos alimentares são multifatoriais. Ou seja, desenvolvem-se devido a muitas causas, sendo inviável o tratamento por um único profissional.

A equipe multidisciplinar permite a percepção do problema a partir de vários olhares, podendo haver um cuidado mais eficaz e de melhor qualidade.

Isso também permite que o atendimento seja mais horizontalizado, sem a supervalorização de uma única disciplina ou profissão, permitindo um maior diálogo entre os profissionais e uma assistência mais humanizada.

Quer saber mais sobre a importância do atendimento multidisciplinar? Vem comigo! Vou mostrar a você como ele funciona.

Como funciona um atendimento com equipe multidisciplinar em saúde?

Agora que você já conhece a importância do atendimento multidisciplinar, é interessante entender também que a equipe interdisciplinar de saúde deve perceber o paciente como um todo, com seus anseios, dificuldades, pensamentos, crenças, pois o conjunto de profissionais deve estar preparado para tratar a pessoa e não apenas a sua doença.

Para isso, cada profissional irá atuar de acordo com sua formação, mas sempre em comunicação com os outros membros da equipe e seus pacientes.

Tomemos como exemplo um tratamento multidisciplinar da obesidade.

É importante que o paciente que convive com a obesidade seja atendido por um clínico geral que irá avaliar sua saúde através de exames clínicos e laboratoriais.

Dependendo de cada caso, pode ser necessário trabalhar em conjunto com um endocrinologista, responsável pelo acompanhamento e pela prescrição de medicamentos em caso de comorbidades que possam estar associadas à obesidade, como a resistência à insulina.

Nesse caso, o nutricionista será fundamental para trabalhar o comportamento alimentar desse paciente, ajudando-o e ensinando-o a ter autonomia para se alimentar.

Um educador físico também poderá contribuir e muito com a prática regular e adequada de exercícios físicos de modo que não comprometa a saúde do paciente.

Conviver com a obesidade pode ser difícil para a pessoa, portanto, uma consulta com psiquiatra e uma terapia com psicólogo também pode ajudar bastante nisso.

Outros profissionais podem ser necessários de acordo com as necessidades de cada paciente.

Mas lembre-se, apesar da importância do atendimento multidisciplinar, ela não deve acontecer como uma justaposição de especialidades. Os profissionais precisam estar em comunicação, entre si e com o paciente e seus familiares.

Por isso, vou mostrar como montar uma equipe multidisciplinar em saúde de forma que exista essa integração.

Como montar uma equipe multidisciplinar em saúde? Veja 4 passos

1 – Considere a necessidade do paciente

Para montar uma equipe multidisciplinar é preciso conhecer e avaliar a saúde do paciente, pois lembre-se que a importância do atendimento multidisciplinar está em tê-lo como foco do tratamento.

Depois, pode-se determinar quais profissionais serão mais importantes de acordo com cada situação.

Por exemplo, uma pessoa que convive com o diabetes precisa ser atendida pelo menos por um médico endocrinologista e um nutricionista. Enquanto isso, para um paciente que sofre com transtornos alimentares será imprescindível um tratamento com psiquiatra, psicólogo e nutricionista.

Neste vídeo, por exemplo, eu converso com o médico psiquiatra Daniel Martinez, sobre nutrição e saúde mental e como esses dois aspectos se relacionam:

2 – Busque profissionais que pensam como você

Esse é um grande desafio e exige conhecer e conversar com os profissionais de outras especialidades. A equipe precisa estar alinhada. Só assim a importância do atendimento multidisciplinar poderá ser percebida na prática.

Se você é um nutricionista que trabalha com uma abordagem não prescritiva e com foco na saúde, mas tem em sua equipe um médico que está sempre avaliando a perda de peso como objetivo principal do tratamento, provavelmente terá problemas.

É bem possível que o paciente fique confuso e tenha resistências para aderir ao tratamento. Por isso, conheça os profissionais antes de montar uma equipe.

3 – Tenha clareza do papel de cada profissional

Na equipe interdisciplinar de saúde cada profissional trabalha de acordo com sua especialidade, desenvolvendo atividades específicas.

No entanto, as profissões atuam em conjunto e suas barreiras são mais flexíveis.

Por exemplo, o nutricionista não tem competência para tratar questões psicológicas, mas ele pode identificar problemas que ajudarão no tratamento nutricional, além de apontá-los para os outros profissionais e para que o psicólogo trate dessa questão.

Dessa forma, nenhum profissional adentra o território do outro, mas ao mesmo tempo existe uma flexibilidade que transforma a equipe em um espaço de integração e não apenas de agrupamento.

4 – Mantenha a comunicação com a equipe

É de extrema importância que a equipe se comunique e discuta os casos em questão para chegarem a conclusões e condutas comuns.

Para isso, podem ser acordadas reuniões periódicas com todos os membros da equipe, como também discussões via telefone, vídeo e WhatsApp sempre que necessário.

Nesses encontros, é importante que diferentes profissionais tenham a função de facilitador ou mediador para tornar a equipe menos hierárquica.

Quer saber mais sobre como fazer um atendimento multidisciplinar diferenciado?

Agora que você já sabe da importância do atendimento multidisciplinar, tenho uma dica final para você que gosta de se atualizar e melhorar sempre sua prática profissional.

Após muitos pedidos de profissionais de saúde que entraram em contato comigo, criei o curso Método Sophie.

Ao publicar “O Peso das Dietas”, notei uma necessidade de colegas da área de se atualizarem na ciência da Nutrição em relação ao peso, obesidade e transtornos alimentares, além da área comportamental – algo que ainda é pouco estudado nas faculdades.

O meu objetivo é apresentar uma Nutrição com Ciência e Consciência e fornecer ferramentas para um atendimento mais personalizado e humanizado, com foco na mudança do comportamento e na construção de uma relação mais saudável com a comida.

A propósito, tive a honra de formar centenas de profissionais de saúde em mais de 20 estados pelo Brasil, entre nutricionistas, médicos e psicólogos.

Veja o que eles acham da minha metodologia:

Se você se identifica com essa linha de trabalho, não deixe de conferir mais informações sobre o curso abaixo:

→ Saiba mais informações sobre o curso!←

E se ainda não for o momento de fazer o curso, fica à vontade também para assistir uma das minhas próximas palestras ou mesmo agendar uma consulta no meu escritório.

Referências:

PEDUZZI, Marina. Equipe multiprofissional de saúde: conceito e tipologia. Revista de saúde pública, v. 35, n. 1, p. 103-109, 2001.

Se gostou deste artigo sobre a importância do atendimento multidisciplinar, provavelmente vai adorar ler estes posts que separei para você:

  1.     Como fidelizar paciente em nutrição: 8 estratégias éticas
  2.     O que é coaching de emagrecimento? Como funciona? Como aplicar?
  3.  Saiba como procurar as melhores faculdades de nutrição: olhe 5 critérios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Saúde PRO
Workshop Método Sophie na Doença Crônica

Descubra a resposta a essa pergunta e atualize-se com as últimas informações sobre alimentação e doenças renais crônicas para adultos e crianças. Você receberá um certificado de participação de 8h!

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu