Comportamento Alimentar

Quer saber como manter o peso depois de emagrecer?

Depois de seguir à risca a regra: “fechar a boca e malhar”, você finalmente emagreceu. Yes! A sensação de euforia e vitória enchem o coração no momento em que aquela calça que estava esquecida no armário volta a entrar no corpo. Mas passam algumas semanas e uma pergunta começa a martelar na cabeça: como manter o peso depois de emagrecer? Acredite: essa missão é mais difícil do que eliminar os quilos extras.

Mas calma, eu disse “difícil”, não “impossível”! Os estudos científicos são claros: quase todo mundo que faz dieta restritiva volta ao peso inicial ou até ganha mais! Isso é normal e não uma falha só sua.

Mas a partir do momento em que você aceitar uma mudança mais profunda na sua relação com a comida e com todos os outros aspectos de saúde que te fazem engordar ou emagrecer, vai chegar a seu peso saudável de forma natural.

Para você alcançar esse objetivo, aqui estão – de cara – as minhas 3 principais regras de ouro do que fazer para manter o peso:

Regra de ouro 1: Diga não à dieta!

 

A regra 1 é a primeira resposta à pergunta: “como manter o peso depois de emagrecer?” Não existe especificamente uma dieta para manter a forma.  Na verdade, o mais importante a partir de agora é comer melhor! E para comer melhor você não precisa necessariamente cortar carboidrato, glúten, lactose, açúcar, gordura…ou qualquer outro “vilão da vez” promovido por dietas da moda.

Para emagrecer e manter o peso é preciso mudar o padrão alimentar e sustentá-lo a longo prazo. Você não precisa abrir mão de tudo que gosta para perder peso, porque provavelmente não vai conseguir resistir o resto da vida! Ao invés, o que funciona é acrescentar mais qualidade à alimentação para que seu corpo se sinta efetivamente nutrido.

Regra de ouro 2: Coma alimentos verdadeiros 

 

Se você quer saber como manter o peso depois de emagrecer, outro ponto essencial é a escolha dos alimentos. Você pode se perguntar: existe alguma indicação de alimentos para manter o peso?

Novamente, minha sugestão é deixar de lado as ideias de dietas e dos alimentos milagrosos. Mais importante do que isso, é a sua relação com os alimentos.

Com isso eu quero dizer: você está acrescentando mais comida fresca e caseira e, assim diminuindo o consumo dos ultraprocessados? Você está comendo mais alimentos in natura – aqueles que encontramos geralmente na feira – e menos os pré-prontos?

Parece simples demais para ser verdade, mas esse princípio praticado consistentemente tende a gerar muito mais resultados de saúde do que qualquer metodologia complexa. Para que complicar se é mais difícil de praticar? Teste esse princípio simples e depois me conte os resultados!

Regra de ouro 3: Cozinhe mais

 

Se você não sabia exatamente o que comer para manter o peso, deste princípio aqui provavelmente já devia ter uma noção. Cozinhar é uma ótima forma de estabelecer uma conexão saudável com a comida. A comida caseira é uma das melhores formas de prevenir a obesidade, sabia? Que tal incluir este hábito na rotina? Se não puder todos os dias, pelo menos faça um jantar durante a semana, no sábado ou no domingo. Chame a família e  os amigos para fazer parte deste momento especial e tudo vai ficar ainda mais divertido!

As 3 regras de ouro que você acabou de conhecer são justamente os 3 pilares da minha filosofia de trabalho e do Efeito Sophie. Nesse programa, eu ajudo você a alcançar o SEU peso saudável, de forma gradual e duradoura!

Como manter o peso depois de emagrecer: 2 dicas práticas

Além das minhas três “regras de ouro”, separei 2 dicas práticas para ajudar você que está em busca da mudança de hábito. Para entender como manter o peso após emagrecer é preciso sair um pouco do discurso do “foco, força e fé”. Em vez disso, funciona muito mais a atitude de estar aberto para mudar através de novas práticas gradativamente. Vamos lá?

Planejamento

“Se quiser derrubar uma árvore na metade do tempo, passe o dobro do tempo amolando o machado.” – Provérbio Chinês

Planejar a alimentação é uma das melhores formas de comer com qualidade e evitar o “comer por impulso”. O grande problema das pessoas hoje em dia é tempo, e é por isso mesmo que o planejamento é tão importante.

Para manter o seu peso saudável, não vale pensar no jantar quando chegar em casa, cansado, depois de uma hora ou mais no trânsito.

Isso porque, muito provavelmente, você não vai querer preparar algo na cozinha, mas sim comer uma lasanha pré-pronta ou uma pizza quentinha (via delivery de preferência). Não que a pizza seja o  problema, mas sim, a falta de organização que faz você não praticar as regras de ouro de comer mais comida fresca e caseira.

Para manter o peso, é preciso simplesmente mudar ou criar novos hábitos. O planejamento de refeições é um deles. Desculpe a franqueza, mas estudei Nutrição por mais de 20 anos e não existe milagre na minha experiência…

Pense bem: se existisse, todo mundo conseguiria emagrecer com facilidade. No entanto, você bem sabe a partir da convivência com seus amigos e familiares que a maioria não consegue, não é verdade?

Então, como inserir o hábito de planejar a comida na rotina?

Para funcionar, faça desse momento algo prazeroso. Planeje pratos gostosos e que não exijam muito tempo de cozinha. Além disso, escolha pratos que tenham uma lista de ingredientes rica em alimentos frescos. Se precisar de inspiração, veja a área de receitas do meu blog!

Evite cair no “já que”

Não é porque você chegou ao seu peso saudável que precisa enfiar o pé na jaca sem limites a partir de agora. Cuidado, isso pode alimentar um círculo vicioso. Ter dias cansativos no trabalho não deve ser uma desculpa para cair frequentemente nessa armadilha.

Sim, exagerar eventualmente é normal!

Se você exagerou uma única vez, está tudo bem.

Você não “estragou tudo”.

Muita gente acredita nisso e por isso vai comer mais ainda, já que tudo já foi por água abaixo.

Não caia nessa.

Você pode exagerar hoje, mas voltar no dia seguinte ao seu padrão alimentar. Você não vai ganhar 10 quilos de repente só porque comeu uma fatia de bolo a mais. O corpo não funciona assim! Logo, permita-se comer! Coma as coisas que tem vontade e com moderação na maioria das vezes. Antes de repetir, pergunte-se se quer mesmo ou se está comendo no automático.

Melhore essa relação com a comida e verá que não vai mais passar vontade das coisas e, de quebra – comendo melhor e não menos – vai manter o seu peso saudável sem neuras!

Se você gostou das nossas dicas de como manter o peso depois de emagrecer, provavelmente vai gostar de ler “perde peso, ganha peso. Entenda o efeito sanfona”:

Você pode querer entender mais também sobre como manter o foco na dieta ou mesmo o que é low carb.

Espero que aproveite essas leituras adicionais!

Por último, que tal conhecer meu programa online Efeito Sophie, que ensina a transformar sua relação com a comida e a voltar a escutar os sinais do seu corpo? São seis semanas com vídeos e materiais que vão explicar sobre hábitos alimentares, e como recuperar o prazer de comer.

Nele eu não vou falar sobre as últimas dietas da moda, alimentos milagrosos e fórmulas mágicas de emagrecimento (até porque não acredito em nada disso). Eu vou te ajudar a identificar o seu comportamento e relacionamento em frente a comida.

A minha missão é fazer com que você possa encarar a alimentação como algo prazeroso e sem estresses, e muito menos culpa. Com algumas dicas práticas, você poderá alcançar o SEU peso saudável, de forma gradual e duradoura.

Vamos juntos nessa? Se inscreva e comece hoje mesmo o programa online Efeito Sophie!

2 Comentários. Deixe novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Para você
Curso online - Efeito Sophie no Comer Emocional

Vontade de comer doces no final do dia?
Conheça os vários tipos de fome e saiba lidar melhor com a fome emocional, aquela que te faz querer comer muitos doces quando chega o final do dia.

Cursos e programas para você

Descubra uma nova abordagem da sua alimentação e mude sua vida com essa metodologia aplicada em 3 cursos especiais.

É colega de profissão?

Descubra uma nova abordagem da nutrição e mude seu atendimento a pacientes.

Artigos Relacionados

Menu